Diego Alves e Renê sentem problemas musculares e preocupam o Flamengo para reta final do Carioca

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
LANCE!
·1 minuto de leitura
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.


O Flamengo superou a altitude de 2.850 metros e venceu a LDU por 3 a 2, nesta terça-feira, pela terceira rodada da Libertadores. Apesar do grande resultado para encaminhar a classificação às oitavas, a equipe volta para o Rio de Janeiro com duas dores de cabeça: Diego Alves e Renê sentiram problemas musculares e preocupam para a reta final do Carioca.

+ ATUAÇÕES: Gabi decide, Bruno Henrique marca golaço e Everton Ribeiro cresce de produção em vitória do Flamengo

De acordo com comunicado da assessoria de imprensa, o goleiro sentiu um desconforto muscular na coxa direita e foi substituído no intervalo por prevenção. Ele será acompanhado nos próximos dias para saber se houve uma lesão no local.

O caso de Renê, por sua vez, parece ter sido mais sério. O lateral-esquerdo entrou no segundo tempo e sentiu dores na posterior da coxa direita em lance no fim da partida. Ele seguiu até o apito final e iniciou tratamento no vestiário. O Flamengo ainda informou que ele será reavaliado na reapresentação ao CT Ninho do Urubu.

Após vencer a LDU, o Flamengo tem pela frente o jogo de volta da semifinal do Carioca, contra o Volta Redonda. A partida será neste sábado, às 21h05, no Maracanã. Por ter vencido a ida por 3 a 0 e ter a vantagem do empate, o Rubro-Negro pode perder até por três gols de diferença para avançar à final do Estadual.