Bota tenta, diante do Fortaleza, encontrar o rumo de sua confiança

LANCE!
·1 minuto de leitura


A ansiedade de comprovar com urgência seu poder de reação marca mais um passo do Botafogo no Campeonato Brasileiro. Neste domingo, às 18h15, contra o Fortaleza, no Nilton Santos, a equipe alvinegra tenta reencontrar uma esperada vitória após sete partidas de jejum.

Emiliano Díaz deposita as fichas no aprimoramento causado pela semana restrita a treinos para o Alvinegro apresentar uma evolução já no confronto válido pela 22ª rodada.

- Temos que sair rápido dessa situação e é questão de tempo para isso acontecer. É questão de confiar. É um momento de estarmos todos juntos, as coisas vão mudar. Que todos tenham fé - afirmou o auxiliar-técnico de Ramon Díaz, logo após o revés por 2 a 1 para o RB Bragantino.

Parte desta confiança novamente recairá sobre quem entrou em campo na última segunda-feira. Ainda sem poder contar com nomes como o goleiro Gatito Fernández e o atacante Lecaros, que se recuperam de lesão, a equipe será a mesma que atuou no Nilton Santos.

VEJA A TABELA DO CAMPEONATO BRASILEIRO

A linha de frente com Honda, Bruno Nazário e Éber Bessa tentando criar jogadas para Matheus Babi deve ser a tônica do Alvinegro contra o Fortaleza. Outra preocupação é em relação à marcação. O desempenho de Marcelo Benevenuto e Kanu tende a ser crucial para buscar conter o ímpeto de Wellington Paulista.

Otimista quanto à implementação de suas ideias, Emiliano Díaz tenta conduzir o Alvinegro a um alento de que pode esperar dias melhores.