Dia de Copa tem hino cantado errado, chiclete em argentino e recorde

Jude Bellingham comemora classificação da Inglaterra na Copa do Mundo do Catar. Foto: Julian Finney/Getty Images
Jude Bellingham comemora classificação da Inglaterra na Copa do Mundo do Catar. Foto: Julian Finney/Getty Images

França e Inglaterra fazem uma das quartas-de-final da Copa do Mundo do Catar após despacharem Polônia e Senegal, sem grandes sustos. Robert Lewandowski quase passa vergonha e filho de Messi chama atenção nas tribunas. A Copa completa duas semanas com dois jogos das quartas definidos. E com isso entramos na semana mais triste da competição: os primeiros dias sem jogos vem aí.

IT’S COMING HOME?

Vinte anos após sua épica campanha na Copa do Mundo de Coreia do Sul e Japão, o Senegal voltou a participar das oitavas-de-final da competição. Mas ao contrário de 2002, quando Senegal venceu a Suécia e avançou para as quartas-de-final, dessa vez a Inglaterra acabou com os sonhos dos africanos mais cedo. Com uma boa atuação coletiva os ingleses fizeram 3 a 0, gols de Jordan Henderson, Harry Kane e Bukayo Saka, e agora encontram a França em jogo muito esperado desde o sorteio dos grupos da Copa, em abril deste ano.

QUE PARADINHA FOI ESSA?

Robert Lewandowski chegou ao Catar ainda em busca de um gol em Copas do Mundo, após passar zerado em 2018. Na primeira fase Lewandowski finalmente mandou a zica embora com gol contra a Arábia Saudita, e hoje contra a França fez o seu segundo. Mas antes de conseguir marcar contra os franceses, o artilheiro quase passou vergonha.

Já no final da partida, com a França vencendo por 3 a 0, a Polônia teve um pênalti a seu favor. Lewandowski partiu para a cobrança, deu uma paradinha e… chutou nas mãos do goleiro Lloris. Para sorte do polonês o juiz mandou a cobrança voltar pois Lloris havia se adiantado. Na segunda cobrança, repetindo a paradinha, Lewandowski acertou a cobrança e diminuiu o placar (e o vexame).

Leia também:

ALLEZ ALLEZ

A França atropelou a Polônia com show de Mbappé e Griezmann e já está nas quartas-de-final da Copa do Mundo. Os franceses, que passaram por um período de azar antes da Copa, perdendo diversos jogadores lesionados - entre eles Karim Benzema, Paul Pogba e N'Golo Kanté - mostraram a força do seu conjunto ao bater os poloneses por 3 a 0. Os gols foram marcados por Olivier Giroud e Kylian Mbappé (dois). Com o gol, Giroud chegou a 52 tentos com a camisa francesa, e se isolou como maior artilheiro da história da seleção, deixando Thierry Henry em segundo, com 51.

PESTINHA

Lionel Messi teve atuação destacada contra a Austrália na noite de sábado (03), mas nas redes sociais o destaque ficou por conta do filho do jogador, Mateo, de 7 anos. O moleque foi flagrado nas tribunas do estádio Ahmad bin Ali ao lado da mãe Antonella e dos irmãos, Thiago e Ciro. Em momento de distração da mãe o garoto tirou da boca um chiclete que estava mascando e arremessa em direção aos torcedores argentinos nas arquibancadas, pra desespero da genitora.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

TARTARUGA NINJA

Kylian Mbappé marcou dois gols contra a Polônia e chegou a 9 em Copas do Mundo, o primeiro jogador com menos de 24 anos a atingir a marca. Na lista de goleadores históricos da competição ele se igualou a nomes como o português Eusébio, os italianos Paolo Rossi e Roberto Baggio, além dos craques brasileiros Vavá e Jairzinho.Com 4 gols marcados no Catar, Mbappé se isolou como artilheiro do mundial até aqui.

QUE TISTREZA!

Se prepare! Após duas semanas e meia de jogos initerruptos, a Copa chegará a seu primeiro dia livre: ndias 07 e 08 não teremos nenhuma partida pelo mundial, antes do retorno para as quartas-de-final na sexta-feira, dia 09. No total já foram disputadas 52 partidas e faltam apenas 12 para conhecermos a seleção campeã mundial.

ERRRRRRROU!

Em setembro o mundo acompanhou a despedida da Rainha Elizabeth II, falecida aos 96 anos. Ela foi coroada em 1953, muito antes de qualquer jogador da seleção inglesa presente no Catar nascer, e isso explica a confusão dos jogadores Mason Mount e Phil Foden ao cantar o hino nacional britânico. O hino tem sua letra alterada de acordo com o monarca no poder, e com a morte de Elizabeth II, o famoso “God Save the Queen”("Deus salve a Rainha") foi alterado para “God Save the King”("Deus Salve o Rei"), em referência à Charles, o sucessor de Elizabeth II. A Copa é o segundo grande evento esportivo no qual foi reproduzida a nova versão do hino, então ainda vai demorar um pouco até os britânicos se acostumarem a nova letra.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Mason Mount canta "Deus salve a Rainha"

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Phil Foden ainda usando a palavra "her" ("ela") durante o hino.