Brasil eliminado no futebol e derrota de Djoko: o que rolou na madrugada da Olimpíada

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·4 minuto de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Brasil foi eliminado nas quartas de final do futebol feminino em Tóquio (Foto: Koki Nagahama/Getty Images)
Brasil foi eliminado nas quartas de final do futebol feminino em Tóquio (Foto: Koki Nagahama/Getty Images)

A madrugada olímpica segue agitada em Tóquio. O sétimo dia oficial de competições contou com muitos brasileiros em ação, eliminação no futebol feminino com Marta e cia. e a surpreendente derrota do astro Novak Djokovic.

Perdeu algum detalhe? O Yahoo Esportes destaca o que de melhor rolou durante a madrugada do dia 7 nos Jogos Olímpicos.

Leia também:

Brasil cai nos pênaltis e é eliminado no futebol feminino

O sonho olímpico chegou ao fim para a seleção brasileira feminina de futebol. O Brasil foi eliminado nos pênaltis pelo Canadá após empate sem gols no tempo normal e prorrogação. As canadenses venceram por 4 a 3 nas penalidades.

É a segunda edição seguida que o Brasil perde para o Canadá nos Jogos Olímpicos. Em 2016, no Rio, a seleção foi superada na disputa pelo bronze diante das canadenses.

Djokovic é eliminado

Ainda não será desta vez que o sérvio Novak Djokovic vai levar o seu inédito ouro olímpico no torneio individual do tênis masculino. O número 1 do mundo foi eliminado na semifinal ao perder para o alemão Alexander Zverev, atual número 5 do ranking da ATP, na manhã desta sexta-feira.

Djoko começou o confronto vencendo o primeiro set com tranquilidade, por 6 a 1, mas acabou levando a virada na sequência da disputa. Zverev venceu os dois sets seguintes (6-3 e 6-1) e garantiu uma vaga na final em Tóquio.

Vôlei: Brasil encaminha vaga nas quartas

A seleção brasileira masculina de vôlei encaminhou a classificação para as quartas de final em Tóquio. Na madrugada desta sexta, o Brasil se recuperou da derrota sofrida diante da Rússia e venceu de virada os Estados Unidos por 3 sets 1 (parciais de 30/32, 25/23, 25/21 e 25/20).

A seleção fará sua última partida pela fase de grupos no sábado (31), às 23h05 (de Brasília), contra a França.

Natação: Fratus vence bateria e avança

Um dos principais nomes da natação brasileira na atualidade, Bruno Fratus foi bem na classificatória dos 50m livre. Ele venceu a sua bateria e avançou à semifinal com o quarto melhor tempo (21.67) entre os 16 classificados. O mais rápido foi o americano Carleb Dressel, com 21.32. As semifinais estão marcadas para às 23h11 (de Brasília) desta sexta-feira.

Nos 50m feminino, Etiene Medeiros está eliminada. Ela não foi bem e fechou a sua bateria em oitavo.

Judô: Rafael Silva fica fora do pódio

Dono de duas medalhas em Olimpíadas, o brasileiro Rafael Silva não subirá ao pódio do judô em Tóquio. O judoca perdeu para o francês Teddy Riner, bicampeão olímpico, e foi eliminado na repescagem da categoria acima de 100kg.

Rafael tinha iniciado a trajetória no torneio com vitória para cima de Ushangi Kokauri, do Azerbaijão, mas foi derrotado nas quartas de final pelo judoca Guram Tushishvili, da Geórgia.

Atletismo: Alison dos Santos na semifinal

Principal esperança de medalha do atletismo brasileiro em Tóquio, Alison dos Santos começou bem a competição. Ele se classificou com tranquilidade para a semifinal da disputa dos 400m com barreiras, com o tempo de 48,42s - 0,04 atrás do catari Abderrahman Samba, o mais rápido das classificatórias. Ele volta a competir no domingo.

Por outro lado, Rosângela Santos foi eliminada nos 100m feminino e Altobeli da Silva não avançou na eliminatória dos 3.000m com obstáculos.

Boxe: Brasil garante medalha

Abner Teixeira assegurou medalha em Tóquio. O brasileiro avançou às semifinais e já tem pelo menos o bronze garantido nos Jogos. Ele venceu o jordaniano Hussein Iashaish e está em os quatro melhores na categoria peso-pesado.

No feminino, a pugilista Beatriz Ferreira, ouro no Pan de 2019 e campeã mundial, começou a trajetória em Tóquio com vitória. A brasileira venceu Wu Shih-yi, de Taiwan, e avançou às quartas de final na categoria peso-leve do boxe. Na próxima fase, ela vai enfrentar a cazaque Raykhona Kodirova.

Ainda no boxe, o brasileiro Keno Marley deu adeus à briga por medalha ao perder para o britânico Benjamin Whittaker. Ele foi derrotado nas quartas de final e foi eliminado na disputa até 81kg.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos