Biles fora da final, polêmica no judô e Richarlison decisivo: o que rolou na madrugada da Olimpíada

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·3 minuto de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Simone Biles desistiu da disputa da final individual geral da ginástica artística em Tóquio (Foto: Fred Lee/Getty Images)
Simone Biles desistiu da disputa da final individual geral da ginástica artística em Tóquio (Foto: Fred Lee/Getty Images)

O quinto dia oficial de competições foi agitado nas Olimpíadas de Tóquio. A madrugada de terça para quarta-feira trouxe surpresas envolvendo um dos principais nomes do evento no Japão.

Perdeu algum detalhe? O Yahoo Esportes destaca o que de melhor rolou durante a madrugada olímpica do dia 5.

Leia também:

Biles desiste de final

Favorita ao ouro e um dos maiores nomes do esporte na atualidade, a americana Simone Biles desistiu de disputar a final do individual da ginástica artística em Tóquio, prevista para às 7h50 (horário de Brasília) de quinta-feira. Segundo a federação dos EUA, a atleta passou por avaliações médicas e decidiu focar em sua saúde mental.

Na terça-feira, Biles já havia sido retirada da final por equipes depois de admitir que está lidando com algumas dificuldades psicológicas. 

A USA Gymastics afirmou que a atleta continuará sendo avaliada para determinar se disputará as finais dos aparelhos individuais na próxima semana. Biles está classificada para as finais no salto, na trave e no solo.

Richarlison decide!

O Brasil venceu a Arábia Saudita por 3 a 1 e avançou às quartas de final na disputa do futebol masculino em Tóquio. Não foi um jogo brilhante dos brasileiros, mas o suficiente para confirmar o favoritismo. A vitória veio após dois gols de Richarlison no segundo tempo.

Judô: Portela é eliminada com polêmica

Representante brasileira na categoria 70kg feminina, a judoca Maria Portela foi eliminada nas oitavas de final depois de uma disputa polêmica. Em luta de quase 15 minutos, ela foi desclassificada ao receber o terceiro shido no duelo contra a russa Madina Taimazova. 

Pouco antes, Portela havia conseguido um wazari, o que definiria a luta, mas o golpe não foi computado pelo juiz mexicano Everardo Garcia, mesmo após consulta ao árbitro de vídeo.

Brasileiras avançam à semi no tênis

As brasileiras Laura Pigossi e Luisa Stefani se classificaram para a semifinal no torneio feminino de duplas no tênis. Elas venceram de virada as americanas Bethanie Mattek-Sands e Jessica Pegula por 2 sets a 1 (1/6, 6/3 e 10/6) e se aproximaram de uma medalha em Tóquio.

Ainda no tênis, Novak Djokovic se classificou às quartas do torneio individual masculino após vencer o espanhol Alejandro Davidovich Fokina por 2 a 0 (6/3 e 6/1, em 1h23).

EUA vencem a primeira no basquete

Após a derrota para a França na estreia, a seleção masculina de basquete dos Estados Unidos venceu o Irã por 120 a 66. A vitória veio com incríveis 20 bolas de três pontos convertidas pelos americanos. O maior pontuador da partida foi Damian Lillard, com 21 pontos.

Húngaro bate recorde de Phelps

O húngaro Kristof Milak venceu a final dos 200m borboleta da natação com direito a recorde olímpico. Ele conseguiu a vitória em 1m51s25 e superou o recorde olímpico de Michael Phelps, que era de 1min52s03. O brasileiro Leonardo de Deus disputou a prova e ficou na sexta posição.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos