Com golaço de Di María, Argentina vence o Uruguai e complica situação do rival nas Eliminatórias

·4 min de leitura


Nesta sexta-feira (12), Uruguai e Argentina se enfrentaram em clássico sul-americano pelo fechamento da 13ª rodada das Eliminatórias da América do Sul. A partida foi toda da Celeste, mas faltou pontaria e Emi Martínez fechou o gol. Ainda na primeira etapa, Di María fez o tento da vitória.

Com o resultado, a Seleção de Lionel Messi (que não entrou), continua na segunda colocação, com 28 pontos, estando há seis na Seleção Brasileira. Inclusive, na próxima terça-feira (16), as equipes se enfrentam em solo ''hermano''.

Por outro lado, o esquadrão de Luis Suárez, se complicou na tabela. Agora, estão na sexta posição com 16, fora da zona de classificação para a Copa do Mundo. No mesmo dia, viajam para enfrentar a Bolívia, às 17h (horário de Brasília).

>Aplicativo de resultados do LANCE! está disponível na versão iOS

COMEÇO CELESTE!

O duelo começou bem movimentado, principalmente pelo lado uruguaio, que chegou em quatro oportunidades. Primeiro Bentancur escapou pela esquerda, cruzou e a zaga afastou. Em seguida, Suárez foi travado por Romero e Brian Rodríguez cobrou escanteio com muito perigo.

Por fim, ainda aos quatro minutos, após confusão na área argentina, a bola ficou com Nández, que cara a cara com o goleiro Martínez, viu o camisa 23 fazer uma linda defesa.

NA VEZ DA ARGENTINA...

Os argentinos acordaram em boa chegada de Lautaro Martínez. Após bom passe de De Paul, o atacante não acertou o domínio. Logo depois, Dybala roubou bola do palmeirense Piquerez, acionou Di María na ponta direita, o astro do PSG dominou e acertou um lindo tapa no ângulo e abriu o placar para a Seleção Argentina aos 6'.

​SUÁREZ QUERENDO JOGO!

Posteriormente, a resposta celeste surgiu dos pés de Suárez, em boa cobrança de falta. Logo depois, o atacante do Atlético de Madrid voltou a aparecer bem no campo ofensivo, desta vez, acertou a rede pelo lado de fora.

​Aos 30', o ex-parceiro de Messi apareceu novamente em dois bons lances. Primeiro, aproveitou bola de Vecino, chutou de primeira e a bola pegou na trave. Na sobra, acabou arrematando para fora e logo depois, chegou perto de finalizar cruzamento de Brian Rodríguez.

SÓ DÁ CELESTE!
O final do primeiro foi totalmente um ataque contra defesa. O Uruguai com o apoio da torcida, tentou de diversas formas chegar ao tento de empate. Aos 41', Piquerez roubou bola na intermediária e iniciou contra-ataque. Suárez foi acionado e achou um bom passe para Vecino, que na meia-lua da área, acertou um chute lindo, mas Emi Martínez também foi belo na defesa.

MUDA O TEMPO, MAS NÃO MUDA O JOGO!
Na volta do intervalo, o Uruguaio retornou para o campo ofensivo em ataque envolvendo Suárez e Nández, que finalizou fraco. Em seguida, Di María errou na saída de bola, Piquerez roubou, entrou na área e finalizou forte para fora.

ARGENTINA ACORDA!
Com a troca do trio ofensivo, saindo Di Maria, Dybala e Lautaro, para as entradas de Papu Gomez e os ''Correas'', a Argentina começou a ter mais posse de bola e trocou passes no meio-campo.

Aos 13', Papu Gómez carregou pela esquerda, se livrou da marcação e chutou bonito de canhota, sendo a segunda finalização da equipe na partida, única além do gol.

MAIS ARGENTINA!
Aos 28', a Argentina retornou para o campo ofensivo, desta vez, De Paul lançou Lo Celso, que puxou contra-ataque na esquerda. Joaquín Correa recebeu toque e com condições de marcar, acabou travado pela defesa uruguaia.

Em seguida, Molina tabelou com Ángel Correa na direita, cruzou e Joaquín Correa obrigou o goleiro Muslera a defender. Na reta final, Álvaro Martínez teve boas chances, mas perdeu. Messi entrou e isolou. Sem maiores oportunidades, a partida se encerrou.

FICHA TÉCNICA DA PARTIDA
Uruguai 0 x 1 Argentina
Data e horário
: 12/11/2021, às 20h (de Brasília)
Local: Estádio Campeón del Siglo, em Montevidéu (URU)
Gols marcados: Di María (6'/1T) (0-1)
Cartões amarelos: Cáceres (Uruguai), Dybala (Argentina)

URUGUAI (Técnico: Óscar Tabárez)

Muslera; Cáceres, Giménez, Godín e Piquerez; Torreira, Nández, Vecino (Álvaro Martinez 18'/2T) e Bentancur; Brian Rodríguez (Facundo Torres - intervalo) e Luis Suárez.

ARGENTINA (Técnico: Lionel Scaloni)
Martinez; Molina, Romero, Otamendi, Acuna; De Paul, Lo Celso e Rodriguez; Dybala (Joaquín Correa - intervalo), Lautaro Martínez (Papu Gomez 9'/2T) e Di María (Ángel Correa 9'/2T).

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos