Deyverson fala de futuro no Palmeiras: ‘Se pudesse, faria um contrato vitalício’

·1 min de leitura


Herói da conquista do título da Libertadores, Deyverson concedeu entrevista exclusiva ao NOSSO PALESTRA e demostrou todo o carinho que tem pelo Palmeiras. No clube desde 2017, saindo por empréstimo entre 2020 e 2021, o centroavante afirmou que assinaria até mesmo um contrato vitalício com o Verdão, sendo grato pela equipe por todas as chances e oportunidades.

– Se eu pudesse fazer um contrato vitalício com o Palmeiras, eu faria. Não pensaria duas vezes. Mas depende só de mim. Dependeria de presidente, empresário, diretoria. Por mim, seria vitalício – destacou.


Contratado a pedido do treinador Cuca em 2017, o atleta agradeceu o treinador e destacou a importância de Abel e Felipão ao longo de sua trajetória vestindo a camisa do Alviverde. Ao todo, já foram 131 jogos com 29 gols marcados pelo clube.

– Sou grato ao Palmeiras, minha família, ao grupo, funcionários, Felipão, Cuca e Abel. São pessoas que confiaram em mim. Se não fosse o Cuca eu não estaria aqui, ele que me ligou, se interessou – destacou o camisa 16.

Negociado com o futebol espanhol logo após a chegada do treinador Vanderlei Luxemburgo, Deyverson afirmou ao NP que sente gratidão pelo treinador, apesar de ter sido dispensado pelo comandante Campeão Paulista pelo Palmeiras em 2020.

– Agradeço aos treinadores que não me colocaram. Talvez se tivessem me colocado eu não estaria aqui hoje. Ao Valentin, ao Roger, ao Luxemburgo que não quis ficar comigo também. Sou grato a todos. São coisas do destino – completou.

Durante a entrevista, o atacante também foi às lagrimas após a leitura de um texto feito pelo jornalista Mauro Beting. Em crônica, Mauro relembrou toda a trajetória do camisa 16 no clube, destacando os momentos conturbados e gloriosos que marcam a passagem de Deyverson pelo Palmeiras desde 2017.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos