Deyverson avalia propostas e pode nem ir aos EUA com o Palmeiras

Thiago Ferri
LANCE!
Deyverson está em busca de uma nova equipe e deve ser negociado (Foto: Cesar Greco)
Deyverson está em busca de uma nova equipe e deve ser negociado (Foto: Cesar Greco)


Deyverson tem propostas na mesa de times da China e Espanha e pode ser o próximo negociado no Palmeiras. O centroavante chegou a ser procurado pelo Internacional, mas as conversas não avançaram. O futebol asiático ainda é o principal candidato a levar o jogador, que pode nem viajar à Florida Cup.

O Colorado foi buscar informações sobre as condições de negócio, só que pagaria valores semelhantes aos que ele recebe no Verdão. Para trocar de clube, Deyverson busca ofertas que sejam sedutoras financeiramente.

É neste cenário que o futebol chinês surge como favorito. A oferta atual não é tão alta quanto aquela que o Shenzhen FC fez no ano passado, ainda assim as cifras são bem acima do mercado brasileiro. O clube não foi revelado.

Times do futebol japonês também já fizeram investidas nesta janela de transferência, mas não seduziram o estafe de Deyverson. No caso do Inter, apenas uma oferta maior faria reaquecer o negócio com os gaúchos.

O Palmeiras deseja negociá-lo nesta janela de transferência, tanto que ele pode nem viajar para a sequência da pré-temporada nos Estados Unidos. A delegação vai para Orlando no sábado, e a possibilidade de Deyverson estar fora dos relacionados para a viagem é real.

Autor de 25 gols em 104 jogos pelo Palmeiras, o centroavante convive com críticas de muitos palmeirenses. Peça importante no título brasileiro de 2018, inclusive marcando o gol que deu a taça ao Verdão, o atacante teve um 2019 sem o mesmo desempenho, com oito gols em 42 jogos.

Deyverson foi contratado em 2017 do Levante (ESP) por 5 milhões de euros (R$ 18 milhões na época) - a Crefisa foi quem fez o investimento e precisa ser ressarcida em até dois anos, seja após o fim do contrato ou a partir de uma venda. Seu vínculo é válido até junho de 2022.













Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também