'Deu apagão no Santos': Cereto avalia escalação 'professor Pardal' de Ariel Holan na Libertadores

LANCE!
·1 minuto de leitura


O comentarista Carlos Cereto comentou sobre o empate que classificou o Santos para a próxima fase da Libertadores. Na visão do jornalista, que esteve no programa "Redação SporTV", nesta quarta-feira, o Peixe teve um "apagão" ao ficar no 2 a 2 com o San Lorenzo, da Argentina. Sobrou até para o "professor Pardal Ariel Holan", técnico do Alvinegro.

+ Confira os grupos da Libertadores 2021

- Deu um apagão no Santos. Primeiro com a escalação surpreendente, porque o Holan deu uma de professor Pardal. Ele colocou o Felipe Jonatan no meio, porque o Balieiro não poderia jogar... Depois o Marcos Leonardo, muito bom jogador, de 17 anos, marca um golaço. Mais um raio na Vila - comentou Cereto enquanto palpitava sobre lances da partida.

Professor Pardal, conhecido personagem dos quadrinhos de Pato Donalds, era um grande inventor. Cereto avaliou a troca que, para ele, foi inusitada ao mudar funções de laterais e meias. Ele chegou a sugerir outras opções.

Cereto ainda opinou sobre o uso excessivo de jovens no Santos. Para ele, mesmo que os garotos utilizados por Ariel Holan estejam entregando bons resultados e ajudando dentro das quatro linhas, um elenco que disputa a Copa Libertadores precisará de suas estrelas para seguir bem na temporada.

O Santos empatou com o San Lorenzo em 2 a 2 e encaminhou sua classificação para a Fase de Grupos da competição. O Santos vai para o grupo C e enfrentará Boca Juniors, Barcelona e The Strongest. A estreia será na próxima terça-feira, às 19h15min, diante da equipe do Equador.