► Destaque nos dois jogos do Brasil, Paulinho diz: ‘Estou aproveitando minhas oportunidades da melhor maneira possível’

Guangzhou Evergrande não está gostando do todo barulho gerado pela mídia em torno da operação

Cinco dias depois de brilhar marcando três gols na vitória do Brasil por 4 a 1 sobre o Uruguai, Paulinho voltou a brilhar com a camisa da Seleção Brasileira no triunfo por 3 a 0 sobre o Paraguai na Arena Corinthians. O volante deu duas assistências para os gols de Coutinho e Marcelo, acertou 90% dos passes e ainda efetuou quatro desarmes.

“Um jogo você vai marcar, no outro você vai dar assistência e em outro ficar mais atrás devido ao adversário, enfim isso o jogo vai dizer pra nós. Tive a felicidade de dar duas assistências hoje, mas méritos ao Marcelo, ao Coutinho pelo chute. É manter essa linha, fazendo um grande trabalho e correndo atrás das vitórias”, afirmou.

Os números de Paulinho contra Uruguai e Paraguai

O volante, que chegou a ter a sua convocação questionada por parte da torcida e da imprensa nas primeiras convocações de Tite, foi crescendo e mostrou que merece seguir nas próximas listas. Hoje, Paulinho é um peça-chave no esquema do treinador.

“Como sempre falo, nunca vou mudar minha forma de falar e meu jeito de ser. Todas as vezes que venho para Seleção Brasileira venho para fazer o meu melhor. Sempre deixei muito claro. Venho, dou meu máximo e aproveito a oportunidade. Hoje estou sendo convocado pelo professor Tite e pela sua comissão e sei do meu dever. Estou aproveitando minhas oportunidades da melhor maneira possível”, declarou.

Paulinho volta pra China tendo participado de cinco dos sete gols do Brasil contra Uruguai e Paraguai e com a certeza de que reconquistou a confiança e o carinho de todos.