Destaque na Bélgica, Vinicius Souza pode render mais R$ 10 milhões aos cofres do Flamengo

LANCE!
·1 minuto de leitura


Quase um ano depois de deixar o Flamengo, o volante Vinicius Souza pode render mais uma quantia milionária aos cofres do clube rubro-negro. Em alta no Lommel SK, da Bélgica, o jovem deve ter 20% dos direitos econômicos adquiridos pelo Grupo City pelo valor de 1,5 milhão de euros (cerca de R$ 10 milhões). A informação foi divulgada inicialmente pelo site "ge".

+ Gabigol ultrapassa 100 participações diretas em gols; Flamengo só perdeu uma vez quando atacante marcou

Desde outubro de 2020 no Lommel SK, Vinicius foi indicado ao prêmio de craque da Segunda Divisão da Bélgica. Com a boa performance, a tendência é que o Grupo City execute a cláusula até 31 de julho e faça o investimento. Para tirar o volante de 21 anos do Flamengo, o grupo desembolsou 2,5 milhões de euros (R$ 16,3 milhões na cotação da época) por 60% dos direitos econômicos.

Ou seja, ao todo, o Flamengo pode receber 4 milhões de euros por Vinicius (cerca de R$ 26 milhões). Na sua primeira temporada na Europa, o jovem disputou 19 jogos, sendo 17 como titular, e foi peça importante na campanha que deixou o Lommel SK na terceira posição.

+ Veja mais notícias do Flamengo

Essa nova transação será importante também para o Flamengo bater a meta de vendas em 2021. Até o momento, o clube já acertou as vendas de Lincoln e Yuri Cesar, além de emprestar Natan com obrigação de compra e encaminhar a venda de Thuler. De acordo com Rodrigo Tostes, vice-presidente financeiro, o clube precisa arrecadar R$ 91 milhões na janela do meio do ano.