Destaque do Leeds, Raphinha completa 200 jogos como profissional: 'Muito feliz'

LANCE!
·2 minuto de leitura


Um dos nomes mais comentados e elogiados do futebol europeu nas últimas temporadas, o meia-atacante Raphinha viveu um momento pra lá de especial em sua carreira. Aos 24 anos, o brasileiro, principal nome do Leeds United na temporada, atingiu a expressiva marca de 200 partidas como jogador de futebol profissional, no último sábado (27), na derrota para o Aston Villa, no Elland Road, pela 26ª rodada da Premier League.

VEJA A TABELA DA PREMIER LEAGUE

- Desde guri, sempre sonhei em jogar futebol e, hoje, já são 200 partidas como profissional. É algo que não dá nem pra acreditar. Fico muito feliz por tudo que estou vivendo. Quando paro pra pensar, passa um filme na cabeça e lembro do que eu e minha família enfrentamos ao longo desses anos. Não foi nada fácil chegar até aqui e valorizo, demais, cada momento. Sou muito grato por todas as pessoas que, de alguma forma, me ajudaram desde lá atrás até agora. Ainda tenho muito para aprender e evoluir e espero alcançar meus objetivos profissionais - comentou o meia-atacante, que, apesar de não ter jogado profissionalmente no Brasil, aproveitou para agradecer os clubes do país.

- Eu não tive a oportunidade de jogar de forma profissional no Brasil, mas sei da importância que cada clube teve no meu processo de amadurecimento. Sou muito grato a eles e agradeço demais por tudo o que me ensinaram. Hoje, acredito que estou na melhor liga do mundo e sem essa ajuda lá no começo isso jamais seria possível. Um dia, quem sabe, espero retornar ao Brasil e jogar profissionalmente no meu país, perto da minha família e dos meus amigos - completou.

Com 200 jogos como profissional, Raphinha está perto de alcançar outra marca importante: a 50ª bola na rede. Com o belíssimo gol de falta, marcado no triunfo de 3 a 0 sobre o Southampton, na penúltima rodada da Premier League, o atleta chegou ao 49º tento na carreira. Além disso, também já distribuiu 30 assistências.

- Eu não sou um cara de área e jogo mais pelos lados do campo, mas, em todos os clubes que atuei, sempre consegui ter uma boa média de gols e de passes. Isso é sinal de que o trabalho está sendo bem feito e fico feliz que aqui no Leeds as coisas estão continuando bem e estou podendo ajudar. Espero que a gente siga melhorando até o final da Premier League - finalizou.