Destaque da temporada, Nenê melhora Fluminense, mas perde 100%

Luiza Sá
LANCE!
Nenê entrou bem na parte final do jogo (Foto: Maga Jr/Ofotograficopress)
Nenê entrou bem na parte final do jogo (Foto: Maga Jr/Ofotograficopress)


Único 100% da Taça Guanabara até aqui, o Fluminense entrou em campo pensando em apenas sacramentar a classificação às semifinais contra o Boavista, neste sábado, no Maracanã. O que se viu, porém, foi um time que só conseguiu apresentar o melhor futebol na reta final da derrota por 1 a 0, após a entrada do meia Nenê. Agora, o Tricolor tem pela frente o primeiro desafio da temporada: o Unión La Calera, do Chile, pela primeira rodada da Sul-Americana.

TABELA
Confira a classificação da Taça Guanabara 2020


O camisa 77 entrou apenas aos 27 minutos do segundo tempo, quando o Flu já pressionava mais, mas não conseguia assustar tanto. Referência no ataque, algo que faltou no Fla-Flu, Felippe Cardoso acabou vaiado após atuação ruim em um Fluminense que mal criou jogadas. Foi dos pés de Nenê que saíram as duas melhores jogadas, primeiro com um chute pra fora após passe de Miguel e depois com uma falta defendida pelo goleiro Klever com a ponta dos dedos.

TABELA
> Veja a classificação do Campeonato Carioca






A falta do gol fez Nenê perder também os 100%, já que havia marcado três gols em três jogos disputados. Como o LANCE! já antecipou, as boas atuações fizeram Odair Hellmann mudar de opinião sobre o meia jogar ao lado de Paulo Henrique Ganso. O treinador já havia dito que os dois não poderiam atuar juntos.

- O Nenê é um jogador importante, tem jogado muito bem. Amanhã temos treino, terça a Sul-Americana. O Nenê vem de uma sequência, hoje nós oportunizamos outros atletas para visualizar a característica de cada um. Ele deu boa dinâmica, colocamos um jogador para ganhar a jogada por dentro. Mas não conseguimos o empate e a virada. Tivemos volume, domínio, mas só com a bola. No momento que perdemos a bola tivemos dificuldade para pressionar - disse Odair após o jogo.

Agora o Flu precisa virar a chave. Na próxima terça-feira, o confronto será contra Unión La Calera, do Chile, pela primeira rodada da Sul-Americana, no Maracanã, às 21h30. O Tricolor é o líder do Grupo B na Taça Guanabara, com 12 pontos.

Os números

De acordo com o "Footstats", o Fluminense teve 61.7% de posse de bola no Maracanã, dando três finalizações certas e oito erradas. Foram 479 passes corretos e 50 errados. Em 23 minutos em campo, Nenê deu uma assistência para finalização, sete cruzamentos, sofreu uma falta e finalizou duas vezes. Ele foi responsável por 11 passes certos e dois errados.

Na movimentação, mesmo com pouco tempo em campo, o meia passou principalmente pelas pontas, mas ajudou defensivamente e tentou as infiltrações.











Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também