Desfalcado, Flamengo precisa quebrar série de tabus para avançar na Copa do Brasil

Lucas Pessôa*
·3 minuto de leitura


Com uma extensa lista de desfalques e sem vencer há três partidas, o Flamengo tem pela frente uma difícil missão se não quiser ser eliminado da Copa do Brasil, nesta quarta-feira. Após perder o jogo de ida para o São Paulo, no Maracanã, por 2 a 1, o Rubro-Negro precisa reverter o placar no Morumbi para seguir vivo na competição. E, se depender do retrospecto recente do clube, a tarefa será ainda mais complicada.

ADVERSÁRIO INDIGESTO

Para começar, o retrospecto recente diante do São Paulo não é nada favorável ao clube rubro-negro. Nas últimas sete partidas entre as equipes, foram três empates e quatro vitórias do Tricolor paulista.

A última vez que o Flamengo venceu o São Paulo foi em julho de 2017, pelo Campeonato Brasileiro. Na ocasião, Guerrero e Diego Ribas marcaram os gols da vitória de 2 a 0, na Ilha do Urubu. Curiosamente, Rogério Ceni era o técnico do Tricolor e foi demitido no dia seguinte à partida.

MÁS LEMBRANÇAS NO ESTÁDIO

Se levar em conta apenas as partidas no Morumbi - palco do duelo desta quarta-feira -, a situação é ainda pior para o Flamengo, que não vence no estádio há mais de nove anos. O último triunfo ocorreu em outubro de 2011: uma vitória por 2 a 1, com gols de Renato Abreu e Thiago Neves.

De lá para cá, o Flamengo disputou mais oito partidas no estádio e acumulou maus resultados. No total, foram quatro empates e quatro derrotas.

EM BUSCA DE UM FEITO INÉDITO

Outro tabu que o Flamengo precisa quebrar se quiser avançar às semifinais tem a ver com o histórico do clube na Copa do Brasil. Em 24 participações no torneio, o Rubro-Negro jamais conseguiu reverter um resultado negativo como visitante no jogo de volta. Foram três ocasiões em que o clube foi derrotado em casa no jogo de ida e acabou eliminado em todas elas.

Na primeira delas, nas quartas de final em 2000, o Flamengo foi goleado em casa pelo Santos por 4 a 0 e voltou a ser derrotado no jogo de volta (4 a 2). Já nas oitavas de 2005, o Rubro-Negro mandou o jogo de ida em Campo Grande (MS) e perdeu para o Ceará por 2 a 0. Na volta, em Fortaleza, apenas empatou por 1 a 1 e foi eliminado. Em 2011, o cenário se repetiu nas quartas de final: derrota para o Ceará por 2 a 1, no Engenhão, e empate por 2 a 2, fora de casa.

DUELO PESSOAL DE ROGÉRIO CENI

Se não bastasse o Flamengo, Rogério Ceni também tem um tabu para quebrar diante do São Paulo. Nas seis partidas contra o clube do qual é ídolo, o treinador jamais saiu vitorioso. No total, foram quatro derrotas e dois empates, somando as passagens por Fortaleza e Flamengo. Relembre os jogos abaixo:

1. Fortaleza 0 x 1 São Paulo - Campeonato Brasileiro 2019
2. São Paulo 2 x 1 Fortaleza - Campeonato Brasileiro 2019
3. São Paulo 1 x 0 Fortaleza - Campeonato Brasileiro 2020
4. Fortaleza 3 x 3 São Paulo - Copa do Brasil 2020
5. São Paulo 2 x 2 Fortaleza - Copa do Brasil 2020
6. Flamengo 1 x 2 São Paulo - Copa do Brasil 2020

+ Confira o chaveamento da Copa do Brasil

Flamengo e São Paulo entram em campo nesta quarta-feira, às 21h30 (de Brasília), no Morumbi. Como perdeu o jogo de ida por 2 a 1, o Rubro-Negro precisa vencer ao menos por um gol de diferença para levar aos pênaltis. Em caso de empate ou nova derrota, a vaga será do Tricolor paulista. Você pode acompanhar tudo sobre a partida no Tempo Real do LANCE!.

* estagiário sob a supervisão de Victor Mendes