Sem Messi, Argentina busca vitória na altitude contra a Bolívia

A Argentina conseguiu diminuir a pressão em busca da classificação para a Copa do Mundo de 2018 após vencer o Chile por 1 a 0, na última quinta-feira. No entanto, os hermanos precisam vencer a Bolívia, nesta terça-feira, em La Paz, para seguir na zona de classificação e, para isso, não contarão com seu principal jogador, Lionel Messi, que foi suspenso por quatro jogos pela Fifa após insultar o assistente da partida contra o Chile.

Para esta partida, o técnico boliviano Mauricio Soria seguirá a estratégia da rodada passada e vai colocar em campo a base do The Strongest, que faz boa temporada, principalmente no meio de campo, com a trinca formada por Wayar, Castro e Chumacero.

Castro afirmou que o entrosamento do trio será muito importante para o desempenho da Bolívia. “Nos conhecemos muito e isso é muito bom para a gente”, destacou. Já o volante Wayar minimizou a presença de Messi pela seleção argentina. “Messi é mais um jogador para a gente se preocupar”, disse, antes da punição ao camisa 10 ser divulgada pela Fifa.


Messi será mais um dos desfalques da Argentina para a partida 

Já pelo lado argentino, o técnico Edgardo Bauza terá mais problemas além de Lionel. Mascherano, Otamendi, Biglia e Higuain estão suspensos e Mercado e Mas estão lesionados. Com isso, Pizarro terá a primeira oportunidade como titular pelo time principal. Agora sem seu camisa 10 e principal nome, Bauza deve optar por escalar Dybala na posição, uma vez que o jovem atacante está recuperado de lesão e vem em ótima fase na Juventus. Di Maria e Lucas Pratto são nomes confirmados para o setor ofensivo azul e branco.

A Argentina vai iniciar a rodada na terceira posição, mas pode terminar na vice-liderança ou na quinta posição, dependendo do resultado na altitude de La Paz. Com 22 pontos, os hermanos estão um atrás do Uruguai, porém apenas dois a frente do Chile, que está em sexto, fora da zona de classificação para a Copa do Mundo.

FICHA TÉCNICA

BOLÍVIA X ARGENTINA

Local: Estádio Hernando Siles, em La Paz (Bolívia)

Data: 28 de março de 2017, terça-feira

Horário: 17 horas (de Brasília)

Árbitro: Wilmar Roldán (Colômbia)

Assistentes: Alexander Guzman e Christian de la Cruz (ambos da Colômbia)

BOLÍVIA: Lampe; Bejarano, Zenteno, Raldes e Flores; Wayar, Castro, Chumacero e Escobar; Arce e Marcelo Moreno

Técnico: Mauricio Soria

ARGENTINA: Romero; Roncaglia, Musacchio, Funes Mori e Rojo; Pizarro, Banega, Enzo Pérez e Di María; Dybala e Pratto

Técnico: Edgardo Bauza