Desafiantes ao título peso-pena fazem encarada tensa em pesagem do Jungle Fight 101

AgFight
Desafiantes ao título peso-pena fazem encarada tensa em pesagem do Jungle Fight 101
Desafiantes ao título peso-pena fazem encarada tensa em pesagem do Jungle Fight 101

Nesta quinta-feira (30) aconteceu a pesagem oficial do Jungle Fight 101, que será realizado nesta sexta-feira na cidade de Contagem (MG), e teve uma mudança de última hora e uma encarada tensa. Adriano Nunes faria a luta principal do card, mas passou mal e foi retirado card. Para o seu lugar foi escalado Deberson ‘The Prince’ Batista, que agora enfrenta Willian Colorado pelo título dos penas. Na hora de ficarem frente a frente, se estranharam e foram separados pelo presidente da franquia Wallid Ismail. Fernando ‘Ben 10’ não bateu o peso e já começa em desvantagem de dois pontos na luta contra Marcelo Guará.

Após o clima tenso, os lutadores do confronto principal da noite trocaram provocações. O primeiro foi Deberson, que acumula duas vitórias seguidas na franquia, prometeu nocautear seu adversário e adiantou que ele está sentindo a pressão por enfrentá-lo.

“Ele provocou, jogando a camisa em mim. Mas isso já mostra que ele está entregando a luta, que já perdeu no psicológico. Eu vou nocautear ele. O queixo dele nunca foi testado, mas será testado amanhã. Vou mostrar pra ele que tenho poder de nocaute”, disse o mineiro.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Willian ‘Colorado’ não deixou barato e rebateu as declarações do seu oponente. Invicto desde 2017, com uma sequência de nove vitórias, o atleta garantiu que não se abala com esse ‘trash talk’ e está confiante que terá seu braço levantado no fim da luta e o cinturão.

“Será só mais uma cabeça para a minha coleção. Eu já lutei no Brasil todo e não tive trabalho nenhum para conquistar as minhas nove vitórias consecutivas. Estou empolgado para trazer meu cinturão, que já estava me aguardando há um bom tempo. Não fica legal o rei da selva reinar sem coroa”, declarou o atleta natural de São Cristovão, no Sergipe.

Essa será a primeira edição do Jungle Fight em 2020. Após a realização do centésimo show, em dezembro de 2019, o presidente da organização, Wallid Ismail, reiterou a felicidade de levar o primeiro show do ano para Contagem e ratificou a força do estado de Minas Gerais na formação de grandes lutadores de MMA.

“Estou muito feliz de trazer o primeiro Jungle Fight de 2020 para Contagem, porque é realmente uma cidade impressionante. É a terra do Paulo ‘Borrachinha’. Minas Gerais é muito forte no MMA. Estamos apenas começando. Será um evento incrível!”, declarou.

Confira todas as lutas:

Cinturão peso-pena (66 kg) – Willian ‘Colorado’ x Deberson ‘The Prince’ Batista;
Peso-pesado – Ricardo Pinho x Walter Chincho;
61kg – Fernando Lourenço de Almeida x Marcelo Guará;
77kg – Rafael “Cabeça” Souza x Herculano Cula;
57kg – Eduardo “Chapolin” Henrique x Robert Corêa;
66kg – Marcos de Almeida “Tchaco Sanatório” x Charlúcio da Silva Brasil;
77kg – Moacir Cordeiro Rocha x Luiz Gordo Loko;
66kg – João Oliveira x Yuri Leite de Freitas;
84kg – Heider Caetano Martimiano x João Marcos;
57kg – Nayara Maia x Larissa Fernanda Gonçalves;
66kg – Wanderson Michel x Wallace Itália;
77kg – Kaique King x Max Felipe Oliveira Gandra;
66kg – Rafael Biata x Daniel Henrique Costa Santos.

Leia também