Sem Neymar, Barça tenta "descontar" no Real eliminação na Champions

Madri, 20 abr (EFE).- Eliminado da Liga dos Campeões pela Juventus nesta quarta-feira, o Barcelona não terá muito tempo para lamentações, já que no próximo domingo enfrentará o Real Madrid no estádio Santiago Bernabéu, em confronto direto pela liderança do Campeonato Espanhol.

O Real lidera a competição com 75 pontos, três de vantagem para o rival, segundo colocado, e ainda tem uma partida atrasada a ser disputada, diante do Celta de Vigo, como visitante. Além disso, ao contrário do Barça, os 'Blancos' avançaram às semifinais da 'Champions'.

Para piorar a situação do time catalão, o atacante Neymar será desfalque na capital. O brasileiro cumprirá o segundo de três jogos de suspensão por ter insultado um dos árbitros auxiliares na derrota para o Málaga, no último dia 8.

Luis Enrique comandou nesta quinta-feira o primeiro tempo depois do empate sem gols com a Juve, mas não deu dicas sobre a formação inicial. Depois de apostar algumas vezes no 3-4-3, o técnico voltou a apostar no 4-3-3 diante da 'Velha Senhora' e barrou o volante Mascherano.

No Real, Zinedine Zidane terá à disposição o atacante Bale, desfalque na vitória sobre o Bayern de Munique por 4 a 2 em 120 minutos na última terça devido a um problema na panturrilha. Dessa forma, Isco provavelmente voltará ao banco de reservas.

Pela terceira vez em quatro anos entre os quatro melhores da Europa, o Atlético de Madrid volta as atenções ao Espanhol, em que jogará contra o Espanyol no sábado, depois de ter derrubado o Leicester. Na competição nacional, a equipe 'rojiblanca' vem se consolidando na terceira posição, a sete pontos do Barcelona, mas já com três de frente para o Sevilla, dono do quarto lugar.

Em grande fase pelo 'Atleti', o lateral Filipe Luis, da seleção brasileira, sofreu uma fatura em um dedo da mão, mas poderá entrar em campo no Cornellà-El Prat com uma proteção.

O Sevilla, por sua vez, venceu apenas um dos últimos sete jogos e com isso saiu de candidato ao título a quarto colocado, posto que sequer classifica diretamente para a fase de grupos da próxima Liga dos Campeões. Na busca pela reabilitação, a equipe dirigida por Jorge Sampaoli abrirá a 33ª rodada nesta sexta-feira medindo forças com o Granada, vice-lanterna, no estádio Ramón Sánchez Pizjuán.


Programação da 33ª rodada do Campeonato Espanhol:.


Sexta-feira.

Sevilla - Granada.

Sábado.

Málaga - Valencia.

Villarreal - Leganés.

Osasuna - Sporting Gijón.

Espanyol - Atlético de Madrid.

Domingo.

Real Sociedad - Deportivo La Coruña.

Celta de Vigo - Betis.

Las Palmas - Alavés.

Real Madrid - Barcelona.

Segunda-feira.

Eibar - Athletic Bilbao. EFE