Derrota para o Racing quebra tabu de quase 50 anos do São Paulo

·1 minuto de leitura


Na última terça-feira (19), o São Paulo perdeu em casa, por 1 a 0, diante do Racing, da Argentina. O resultado adiou a possível classificação da equipe para o mata-mata da competição e, ainda, marcou a primeira derrota do Tricolor no Morumbi contra uma equipe argentina na história da Libertadores.


VEJA COMO FICOU O GRUPO DO SÃO PAULO NA LIBERTADORES APÓS O JOGO!

Desde sua primeira participação na Libertadores, em 1972, o São Paulo nunca perdeu uma partida da competição jogando em seu estádio diante de um time da Argentina.

Ao todo, jogando dentro ou fora de casa, o Tricolor enfrentou clubes argentinos 31 vezes na Libertadores. Desses confrontos, o time paulista venceu 12, empatou seis e perdeu 13.

No Morumbi, contra equipes argentinas na Libertadores, o São Paulo entrou em campo 15 vezes, saindo vitorioso em 11 partidas, empatando outras três e perdendo apenas no jogo contra o Racing.

Na partida de ida, no Estádio Presidente Perón, popularmente conhecido como 'El Cilindro', em Avellaneda, o Tricolor empatou por 0 a 0. O time paulista nunca venceu o Racing na Libertadores.

O São Paulo volta a campo na quinta-feira (20), para enfrentar o seu rival, o Palmeiras, na primeira partida da final do Campeonato Paulista. A bola rola a partir das 22h, no Allianz Parque.

Após poupar titulares no confronto diante do Racing, o Tricolor chega com força total para a decisão do estadual que pode tirar o clube de um jejum de quase nove anos sem títulos.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos