Derrota no Fla-Flu: Ceni vê segundo tempo 'equilibrado' após o Flamengo ser 'muito superior' no primeiro

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·2 minuto de leitura
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.


O Flamengo repetiu um roteiro que tem sido corriqueiro nos últimos jogos: domínio no primeiro tempo, muitas chances criadas, mas uma queda acentuada no segundo. Neste domingo, contra o Fluminense, pela 9ª rodada do Campeonato Brasileiro, não foi diferente. O time de Rogério Ceni perdeu por 1 a 0, na Neo Química Arena, e o treinador destacou a iniciativa pela vitória e viu equilíbrio na etapa final:

- Sempre propusemos o jogo, tomamos a iniciativa em qualquer partida desde que chegamos aqui. Criamos grandes oportunidades e nem sempre convertemos em gol. Não achei o segundo tempo tão abaixo. Temos muitos jogadores na seleção. Jogávamos com quatro dez no meio. Um foi vendido, outro se machucou e dois estão na Copa América. Tivemos que mudar a maneira de jogar. Fomos muito superiores no primeiro tempo, e o segundo tempo equilibrado - disse Ceni, em entrevista coletiva.

- Queremos sempre vencer. Nem fazemos contas dos jogadores fora, dos desfalques ou não. O Flamengo quer sempre vencer. No ano passado, ganhamos o campeonato por um ponto e cada ponto deixado para trás é muito importante. Dominamos o jogo mais uma vez, tocando bem a bola, chutando a gol... A bola não entra e nos acréscimos você acaba sofrendo - lamentou o treinador.

Ceni também falou a respeito da má atuação de Bruno Henrique, Michael e Vitinho:

- Não acho que tiveram uma queda. Acho que tecnicamente não estiveram tão bem no jogo. Bruno tentou alguns dribles e não conseguiu, o Pedro... É uma coisa particular de um dia onde não conseguiram executar as coisas que conseguem.

- Só criamos 21 oportunidades de gol, finalizamos 21 vezes no gol. A média nossa de finalização é muito alta, quase o dobro da maioria dos adversários. Não sei como o Pedro não conseguiu finalizar tantas bolas... A bola rodou a área várias vezes. O Bruno Henrique finalizou, o Michael... O importante é que se faça gols. Uma pena que não conseguimos transformar as chances em gols. Como na maioria dos jogos, pecamos muito em finalização.

+ Veja a tabela completa do Brasileirão

Com o resultado desta tarde, o Flu sobe para sétimo, com 13 pontos, e fica à frente do Fla - em oitavo, com 12 e dois jogos a menos. O Rubro-Negro, agora, visita o Atlético-MG às 19h desta quarta-feira, no Mineirão, pela 10ª rodada.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos