Deputado russo quer regulamentar brigas entre torcidas organizadas

Não é só no Brasil que as torcidas organizadas são motivo de manchete por conta das brigas que protagonizam dentro e fora dos estádios. Na tentativa de encontrar uma solução para que os conflitos ao menos não ofereçam perigo aos torcedores comuns, o deputado russo Igor Lebedev propôs transformar os combates dessas agremiações em uma modalidade esportiva.

Representante do partido nacionalista LDPR, Lebedev sugeriu que cada torcida montasse uma “equipe” composta por 20 pessoas. Denominando os confrontos de “luta organizada”, o político crê que essa é uma forma viável de evitar a violência nas ruas próximas às praças esportivas do país. Em pouco mais de um mês a Rússia sediará a Copa do Mundo e a agressividade dos torcedores no país é algo que anda preocupando os organizadores do evento.

“A Rússia seria a pioneira nesse novo esporte. Os torcedores chegariam, por exemplo, e começariam a escolher suas lutas. Posteriormente eles obteriam a resposta e, com o desafio aceito, haveria um encontro em um estádio em um horário específico”, disse o deputado.

Muitos torcedores russos já chamaram a atenção no ano passado durante a disputa da Eurocopa, na França, quando participaram de brigas na cidade de Marselha. Também membro do comitê executivo da federação russa de futebol, Lebedev chegou a dizer na época que os russos “haviam feito um bom trabalho” quando questionado sobre os trágicos episódios que marcaram o torneio.