Deputada Gleise Hoffmann propõe que clubes dividam verba das partidas com organizadas; web reage

·1 minuto de leitura


A Lei do Mandante foi aprovada nesta quarta-feira pela Câmara dos Deputados mas a emenda proposta pela deputada Gleise Hoffmann (PT-PR) não entrou no projeto. A deputada sugeriu que as torcidas organizadas recebessem parte da verba das transmissões, assim como é feito com os atletas, que recebem 5% do valor destinado ao clube.

> Confira a classificação atualizada do Brasileirão 2021 e simule as rodadas!

+ Conheça o novo app do LANCE! e fique por dentro dos resultados e notícias!

- As torcidas organizadas precisam ter direito à participação na divisão da verba dos jogos. Fazem a festa nas nossas arenas e desenvolvem muitas ações sociais junto aos participantes - explicou a política em seu Twitter. A proposta, contudo, não foi bem recebida pelos internautas.

- Briga de torcida de qualidade exige recursos - ironizou um internauta.

- Vamos apagar e fingir que nada aconteceu aqui - brincou outro.

- Poxa que ideia genial. Vamos garantir o porte de arma também pro torcedor organizado ter segurança - criticou outro.

Veja abaixo as principais reações à proposta da deputada.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.
Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.
Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.
Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.
Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos