Depois de arrumar a defesa, Milton pede Vasco mais 'ousado' na frente

Milton Mendes pode escalar o Vasco com três zagueiros contra o Bahia (Foto: Paulo Fernandes/Vasco)

O Vasco cresceu bastante defensivamente com a chegada de Milton Mendes. Tanto que levou apenas dois gols em cinco jogos sob o comando do técnico. Agora que já arrumou a ‘cozinha’, o técnico trabalha para melhorar o setor ofensivo da equipe nesta reta final do Carioca e esse foi o foco na semana antes da decisão da Taça Rio, contra o Botafogo. Segundo o treinador, o Cruz-Maltino precisa ser um pouco mais ousado para chegar ao tricampeonato estadual.

- A gente iniciou um processo de organização da defesa, meio-campo e ataque. Nesse momento a equipe já tem alguns processos que estão entendendo. Mas precisamos ousar um pouquinho mais, principalmente ofensivamente. É claro que tudo leva seu tempo, mas estamos tentando fazer que os jogadores façam ofensivamente o que já fazem defensivamente. É preciso criar mais e ter mais desenvoltura no ataque – comentou Milton, destacando que achou melhor em começar os acertos pela defesa e que com o tempo a equipe vai evoluindo como um todo.

- Tínhamos que começar por algum lado e optamos pela defesa e a organização. Agora as coisas devagar vão se alinhando, vamos melhorando – completou.

O ataque do Vasco é o pior entre os quatro grandes do Rio no Estadual, com 14 gols. O melhor é o Flamengo, com 34. Em seguida vem Fluminense (30) e Botafogo (22).

Para Milton, um dos fatores para o crescimento do time é a continuidade. Por isso, ele evita ficar fazendo muitas mudanças entre as partidas. Na final contra o Botafogo, a única alteração será o retorno de Luis Fabiano no lugar de Muriqui na frente.

- Eu tenho o esboço da equipe praticamente feito, mal seria se eu estivesse mudando. Eu tenho que tentar dar continuidade aos jogadores, dar confiança a eles para desempenharem o que eles podem sempre bem – disse o treinador.









E MAIS: