Depois de 100 dias, Jô volta a marcar, e Corinthians vence o Goiás

Rafael Marson
·4 minuto de leitura
SAO PAULO, BRAZIL - DECEMBER 21: Jo of Corinthians celebrates after scoring the second goal of his team during the match against Goias as part of Brasileirao Series A 2020 at Neo Quimica Arena on December 21, 2020 in Sao Paulo, Brazil. (Photo by Alexandre Schneider/Getty Images)
Jô comemora o gol da vitória contra o Goiás (Alexandre Schneider/Getty Images)

Em duelo válido pela 26ª rodada do Campeonato Brasileiro, o Corinthians virou e superou o Goiás, na Neo Química Arena, por 2 a 1. Fernandão abriu o placar, Gustavo Silva empatou e Jô sacramentou o placar para o Alvinegro.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Esportes no Google News

A vitória coloca o Timão na 9ª colocação do campeonato, com 36 pontos, enquanto o Esmeraldino amarga a última colocação, com 20 pontos. O time da casa, que prestou homenagem ao garoto Luiz Fernando, dominou as ações do jogo e foi a equipe mais perigosa ao longo dos 90 minutos.

Início inesperado

O jogo começou com o Corinthians no campo de ataque e o Goiás tentando acionar seus dois atacantes, Fernandão e Rafael Moura. Aos 3 minutos, o Esmeraldino surpreendeu e abriu o placar na Neo Química Arena.

Leia também:

Em ligação direta, Fernandão fez a parede e acionou Douglas Baggio. Ele aproveitou a falha de posicionamento do Timão e acertou cruzamento para o camisa 99, que colocou no canto, sem chances para Cássio. Gil estava dando condição para o atacante adversário.

Resposta rápida dos mandantes

A defesa do Timão seguia desorganizada, mas o time não se abalou com o gol sofrido e chegou ao empate aos 13 minutos.

Otero recebeu no meio, tentou avançar mas foi empurrado. Bruno Arleu de Araújo deu a vantagem e a bola sobrou para Cazares. O camisa 10 deu ótimo passe para Gustavo Silva sair sozinho e deixar tudo igual.

VEJA A CLASSIFICAÇÃO ATUALIZADA DO BRASILEIRÃO

A pressão do time da casa aumentava e Otero ficou perto de virar. Cazares ajeitou com Otero no meio, ninguém do Goiás pressiona e o equatoriano mandou uma pancada no travessão.

Minutos depois, foi a vez de Ramiro arriscar de fora da área. Na primeira tentativa, a bola passou ao lado do gol. No segundo chute, Tadeu apareceu e afastou para escanteio.

Se o Corinthians chegava com facilidade ao ataque, o Goiás já não conseguia acionar seus atacantes como no começo da partida e pouco ameaçava o goleiro Cássio.

Aos 33, o Timão ampliou, mas o bandeira anulou o gol. Cazares deu ótima bola para Gustavo Silva. Ele rolou para Jô apenas empurrar, mas o atacante estava em posição de impedimento. A anulação passou pela checagem do VAR.

Jô desencanta

Na volta do intervalo, o Esmeraldino ficou na bronca com o juiz após ele não dar pênalti de Ramiro em Douglas Baggio. O responsável pelo VAR, Rodrigo Carvalhães de Miranda, revisou o lance e concordou com a marcação em campo do árbitro.

O Corinthians seguia no ataque e conseguiu a virada. Cazares roubou a bola de Miguel zagueiro e rolou para Jô. De perna esquerda, o centroavante deslocou Tadeu e virou para o Timão.

Após o gol sofrido, Glauber Ramos colocou Vinícius Lopes e a alteração quase teve efeito instantâneo. O atleta ficou cara a cara com Cássio, mas errou na finalização e perdeu boa chance de empatar.

O Timão ficou perto de ampliar. Gabriel recebeu após bate-rebate na área, finalizou de cabeça, mas o volante acertou o travessão. Na sequência, ele e Otero tentaram, mas a zaga do Esmeraldino conseguiu o bloqueio e afastou o perigo.

Aos 32 minutos, um momento de tensão na Neo Química Arena. Vinícius trombou com Cássio e o goleiro levou a pior. Após atendimento, o goleiro saiu de maca e foi substituído por Walter.

Logo após a substituição, o Esmeraldino se lançou no ataque em busca de pelo menos um ponto. Rafael Moura cortou Fábio Santos, mas errou o chute. Depois, David Duarte acertou o travessão após escanteio cobrado por Shaylon.

Nos acréscimos, Luan e Jô perderam chances incríveis de sacramentar a vitória. O camisa 7 tentou de letra mas não acertou a bola. Depois. o atacante ficou cara a cara com Tadeu, e o goleiro fez uma defesa espetacular.

FICHA TÉCNICA

CORINTHIANS 2 x 1 GOIÁS

Data: 21 de Dezembro de 2020
Horário: 20h
Local: Neo Quimica Arena, em São Paulo-SP
Árbitro: Bruno Arleu de Araújo (Fifa/RJ)
Assistentes: Thiago Henrique Neto C. Farinha (RJ) e Luiz Claudio Regazone (RJ)
VAR: Rodrigo Carvalhães de Miranda (RJ)

GOLS - Corinthians - Gustavo Silva (13'/1ºT ), Jô (13'/2ºT ) - Goiás - Fernandão (3'/1ºT )

CARTÕES AMARELOS: Corinthinas - Bruno Méndez (15'/2ºT ) - Goiás -

CORINTHIANS
Cássio (Walter, 37'/2ºT); Fagner, Bruno Méndez, Gil e Fábio Santos; Gabriel e Ramiro (Xavier, 30'/2ºT); Gustavo Silva (Gabriel Pereira, 22'/2ºT), Cazares (Luan, 37'/2ºT) e Otero (Léo Natel, 30'/2ºT); Jô. Técnico: Vagner Mancini.

GOIÁS
Tadeu; David Duarte, Iago Mendonça e Heron; Shaylon, Douglas Baggio (Daniel Oliveira, 28'/2ºT), Breno (Henrique Lordelo, 27'/2ºT), Miguel Figueira (Vinícius Lopes, 11'/2ºT) e Jefferson; Rafael Moura e Fernandão (Índio, 27'/2ºT). Técnico: Glauber Ramos.

Siga o Yahoo Esportes no Instagram, Facebook e Twitter

Assine agora a newsletter Yahoo em 3 Minutos