Demitido pelo Juventude, Marquinhos Santos assume o América-MG

·1 min de leitura

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O técnico Marquinhos Santos foi demitido pelo Juventude e, ainda nesta segunda-feira (18), acabou anunciado para o comando do América-MG, que também briga para evitar rebaixamento no Campeonato Brasileiro.

O desligamento do time gaúcho ocorreu no dia seguinte à derrota por 3 a 2 para o Grêmio, em duelo direto contra o Z-4. A partida marcou a estreia de Vagner Mancini no comando gremista —ele assumiu a equipe após pedir demissão justamente do América, agora sob comando de Marquinhos.

O treinador de 42 anos, que chegará ao novo clube acompanhado do auxiliar Edson Borges, terá contrato válido até maio de 2022, quando deve ser encerrado o Campeonato Mineiro da próxima temporada.

No Juventude desde fevereiro, quando iniciou sua terceira passagem pelo clube, Marquinhos Santos acumulou 41 jogos, com 13 vitórias, 12 empates e 16 derrotas no período —um aproveitamento de 41,4%.

Ele deixou o clube gaúcho na 17ª colocação do Brasileiro, com 27 pontos, e dará um salto de cinco posições na tabela ao assumir o América, que é o 12ª, com 32.

A estreia do treinador pelo clube mineiro ocorrerá no próximo sábado (23), em confronto com o Santos, outro time ameaçado de queda. O Juventude, por sua vez, com compromisso previsto para o mesmo dia, contra o Ceará, ainda não anunciou um substituto para Marquinhos Santos.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos