Demian Maia recorre a treinos tecnológicos de olho em desafio no jiu-jitsu e última luta no UFC

Divulgação


Com uma carreira vitoriosa nas artes marciais mistas, Demian Maia não deixa de se reinventar em busca de novos feitos. Nos últimos meses, o campeão de jiu-jitsu e brasileiro com maior número de vitórias no UFC adotou uma nova tecnologia em sua rotina de treinamentos com o objetivo de se manter em grande forma para os próximos desafios que o aguardam. Trata-se do colete de eletroestimulação muscular de corpo inteiro da marca espanhola WiemsPro.

Dono de um cartel de 28 vitórias no MMA, Demian Maia nunca chegou a anunciar a aposentadoria do octógono, mesmo após o fim de seu último contrato com o UFC, no ano passado. A preparação seguiu forte, com direito a participações em eventos de luta agarrada, e ele antecipa que anunciará novidades em breve.

- Devo lutar em um evento de Jiu-jitsu muito grande em dezembro, nos Estados Unidos. Em breve, falarei nas minhas mídias sociais. Também quero fazer mais uma última luta no UFC - disse o lutador.

No decorrer da carreira, Demian teve metade dos seus golpes desferidos em pé e 38% no solo. Por isso, é um atleta que utiliza frequentemente toda a extensão do corpo. A escolha pelo método de treinamento WB-EMS (whole body electrical muscle stimulation) da WiemsPro, cujo equipamento permite a adaptação dos treinamentos físicos aos movimentos técnicos das lutas, se mostrou certeira.

O trabalho consiste em dois a três treinos curtos por semana, com apenas 20 minutos de duração. O aparelho envia impulsos elétricos aos músculos, gerando uma contração muscular involuntária. Dentre os benefícios, estão ganho de força, resistência e recuperação muscular. O lutador tem realizado os trabalhos com o colete no Centro de Treinamento e-4TECH, da própria WiemsPro, em São Paulo. A estrutura é aberta ao público geral.

- Durante minha carreira já passei por todo tipo de treino físico, musculação, levantamento de peso olímpico, treino funcional, circuito e basismo. Gosto de todas essas modalidades, mas nunca tinha sentido um resultado tão rápido como o da eletroestimulação de corpo inteiro - disse o atleta.

Fundada em 2015, a empresa chegou ao Brasil em 2019 e, rapidamente, ganhou a adesão de atletas das mais diversas modalidades. Segundo Xavier Iglesias, CEO da Wiemspro Brasil, até mesmo os sedentários têm muito a ganhar com a eletroestimulação muscular de corpo inteiro pois esta metodologia se adapta a pessoas de qualquer idade e condicionamento físico.

- É uma tecnologia para todos, seja o atleta de alto rendimento que deseja obter ganhos de força e resistência muscular para melhora da performance, ou pessoas comuns em busca de qualidade de vida e do tratamento de lesões e dor - diz o CEO espanhol, que explica o diferencial do aparelho.

- Com o nosso software, conseguimos ajustar diferentes parâmetros do treinamento em busca de diferentes objetivos, que normalmente são ganho de força e resistência. Mas o bacana é que podemos adaptar o treino à parte técnica de qualquer esporte. Em geral, no esporte você treina condicionamento físico por um lado e treino técnico por outro. Aqui, fazemos exercícios técnicos da modalidade enquanto ajustamos a parte física - explica Iglesias.

Com o colete, o atleta realiza os movimentos técnicos de execução do seu esporte enquanto utiliza o equipamento no corpo. Assim, é possível mapear quais fibras musculares serão atingidas, levando ao resultado desejado.

- Mais de 350 músculos são ativados simultaneamente. O equipamento permite diferentes ajustes. A frequência medida em hertz é um deles, e determina quais fibras musculares iremos ativar predominantemente, sejam as de força, resistência ou mistas. Imagine um rádio no qual você ajusta a frequência para ouvir uma determinada emissora. Se quiser trocar de emissora, troca a frequência. Aqui, as fibras musculares são as emissoras. Ajustando a frequência, ativamos umas ou outras - conta Xavier.

O empresário conheceu Demian Maia por meio do amigo em comum Alex Atala, um dos maiores chefes de cozinha do mundo, faixa-preta e aluno da escola de Demian. Atala já treina com a metodologia e levou o campeão para experimentá-la.

O campeão do UFC fez um treino e gostou dos resultados. Com o passar dos dias, a equipe da e-4TECH preparou um treinamento específico para o lutador. Celso Poncio, que é Master Trainer da marca, cuida do treinamento do atleta.

- Utilizamos a EMS para potencializar cada fase de treinamento, desde o período de base até o período específico da modalidade. O equipamento permite diferentes ajustes de parâmetros para chegar aos objetivos desenhados. É uma honra fazer parte da preparação física do Demian. É um exemplo de disciplina e dedicação - afirmou Poncio.

- Ele está vendo resultados nítidos em ganho de força e consciência corporal e muscular. Nossa ideia é seguir crescendo juntos. Inclusive, já celebramos um acordo de colaboração entre a WiemspPro e a Escola Demian Maia de Jiu Jitsu. Três atletas dele já se incorporaram à equipe da marca e treinam com a metodologia - celebra Iglesias.

A Wiemspro Brasil conta com uma equipe de 12 atletas apoiados pela marca. Os mais destacados, além do próprio Demian, são três campeões mundiais: Rose Volante (boxe), Paty Lage (jiu-jitsu) e Nathalie Moellhausen (esgrima).

Já na Espanha, a marca apoia os campeões Daniel Carvajal (Real Madrid e seleção espanhola), Roberto Bautista (tênis), Carlos Perez (sete vezes campeão mundial e ouro olímpico de canoagem velocidade), Fátima Galvez (ouro em Tóquio no tiro esportivo) e Blanca Manchón (campeã mundial de windsurf), entre outros.

Um dos pilares do trabalho da empresa é a comprovação científica de sua eficácia. Os dados que sustentam os treinamentos vêm do WiemsLab, um laboratório de referência mundial localizado na Universidade de Granada, na Espanha, e especializado na análise do impacto da eletroestimulação muscular de corpo inteiro na saúde das pessoas. São duas linhas de pesquisa: performance esportiva e condicionamento físico; e reabilitação e tratamentos de patologias.