Demian Maia é azarão no UFC 211 e pode render 100% de lucro

Luis Fernando Coutinho
O UFC 211 só acontece no próximo dia 13 de maio, em Dallas, Texas (EUA), mas como o show conta com três brasileiros em ação - dois deles em disputas de cinturão - vamos antecipar a análise de um confronto que atrai a atenção do Brasil. Pelo card principal do evento, Demian Maia encara Jorge Masvidal. E apesar de ter se aproximado de uma chance pelo título da categoria nos últimos meses, o brasileiro é tem odds de azarão no confronto com o americano. É uma boa chance de lucrar 100% com o triunfo de Demian. Segundo o Bodog, a vitória de Demian paga R$ 2 a cada R$ 1 investido.

O UFC 211 só acontece no próximo dia 13 de maio, em Dallas, Texas (EUA), mas como o show conta com três brasileiros em ação - dois deles em disputas de cinturão - vamos antecipar a análise de um confronto que atrai a atenção do Brasil. Pelo card principal do evento, Demian Maia encara Jorge Masvidal. E apesar de ter se aproximado de uma chance pelo título da categoria nos últimos meses, o brasileiro é tem odds de azarão no confronto com o americano. É uma boa chance de lucrar 100% com o triunfo de Demian.

Segundo o Bodog, a vitória de Demian paga R$ 2 a cada R$ 1 investido. É um rendimento de 100%, enquanto o triunfo de Masvidal rende R$ 1,76 a cada R$ 1 apostado.

Para começar, não vejo Demian como azarão nessa luta. Masvidal é, de fato, um rival muito perigoso, mas o brasileiro, especialmente após seus últimos resultados, cairia melhor como favorito. O brasileiro soma seis vitórias consecutivas no octógono, é o atual número três no ranking dos médios e vem de finalização (relâmpago, diga-se) contra Carlos Condit, ex-campeão da categoria e um dos maiores nomes da divisão. Por outro lado, Masvidal soma três triunfos em sequência, é o quinto no ranking e vem de nocaute contra Donald Cerrone.O americano tem um retrospecto bom, mas não se compara ao do brasileiro. Até os rivais que Demian encarou são mais duros que o do americano.

O casamento de estilos é parecido com o que Demian encontrou contra Condit. Masvidal é especialista na trocação, se movimenta bem e tem poder de nocaute. Mas, uma vez que o brasileiro conseguir agarrar o americano e colocá-lo para baixo, o duelo se torna favorável ao paulista. Maia é um dos maiores especialistas em jiu-jitsu em atividade no UFC e dificilmente um lutador consegue se livrar de suas garras. A dificuldade, logo será colocar Jorge para baixo. Vale lembrar que a luta começa em pé, então Masvidal "sai na frente". Ainda assim vejo Demian como favorito.  

O resumo da ópera é que a aposta na vitória de Demian é também uma oportunidade grande de lucro. É claro que Masvidal pode surpreender e bater o brasileiro, mas Demian tem um potencial muito maior para vencer, e tais odds de azarão não lhe cabem bem. Azar das casas de apostas. Eu aposto na vitória do brasileiro.