Dele Alli é suspenso por um jogo por fazer piada considerada racista

AFP
Dele Alli brincou sobre a pandemia de coronavírus colocando asiáticos como responsáveis
Dele Alli brincou sobre a pandemia de coronavírus colocando asiáticos como responsáveis

O atacante inglês do Tottenham, Dele Alli, será suspenso para o jogo da retomada da Premier League, contra o Manchester United no dia 19 de junho, devido a uma piada que ele fez colocando os asiáticos como responsáveis pela pandemia de COVID-19.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Esportes no Google News

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

No início de fevereiro, antes da pandemia interromper a temporada de futebol, Alli havia postado um vídeo na rede social Snapchat intitulado "Corona o que? Ouçam e aumentem o volume".

Leia também:

Nas imagens, o jogador aparecia usando uma máscara e filmando, sem ser notado, uma pessoa de aparência asiática sentada ao lado dele e, em seguida, um frasco de gel hidro-alcoólico com a frase "Esse vírus tem que ser muito rápido para me pegar".

A postagem foi depois excluída e o jogador pediu desculpas na rede social chinesa Weibo.

A Federação Inglesa de Futebol (FA), garantindo que Alli "não é racista", observou que "ele não refletiu o suficiente" usando "estereótipos racistas inaceitáveis".

A comissão independente de disciplina manteve a argumentação nesta quinta-feira.

Além da suspensão, Alli terá que pagar uma multa de 50.000 libras (US$ 63.700) e seguir um curso de conscientização sobre o assunto.

Sua ausência contra o Manchester United é uma má notícia para os Spurs, oitavos com 41 pontos. O time espera reduzir a desvantagem de quatro pontos em relação aos 'Red Devils', quintos colocados e próximos das posições que dão acesso à próxima Liga dos Campeões.

Siga o Yahoo Esportes no Instagram, Facebook e Twitter e aproveite para se logar e deixar aqui abaixo o seu comentário.

Leia também