Definições no Corinthians vão interferir no futuro de Du Queiroz

Gol contra o Flamengo foi o segundo de Du Queiroz como profissional (Foto: Rodrigo Coca/Ag.Corinthians)


Autor do primeiro gol do Corinthians na vitória sobre o Flamengo, na última quarta-feira (2), o meia Du Queiroz tem o seu futuro no Corinthians ligado a algumas respostas importantes que o clube terá nos próximos dias sobre a permanência do técnico Vítor Pereira e do volante Maycon.

+ Confira detalhes da terceira camisa e a nova linha do Corinthians em alusão ao Mundial do Japão

No meio do ano, o estafe do jogador recebeu algumas sondagens de equipes importantes da Europa, como a Roma, da Itália, e o Lyon, da França. Mas à época o atleta era colocado como inegociável à pedido do técnico Vítor Pereira. Du vivia o seu melhor momento pelo Timão e era um dos homens de confiança de VP, principalmente em um momento que o elenco corintiano sofria com o departamento médico cheio.

Agora, com a temporada caminhando para o fim, o camisa 37 pode se tornar um ativo importante para o Timão atingir os seus objetivos financeiros no ano que vem. Assim como nesta temporada, o clube alvinegro quer bater a sua meta de venda de atletas em 2023, que ainda não foi definida, e o fato de Queiroz já ter sido observado fora do país indica que uma proposta oficial pelo jogador pode chegar a qualquer momento.

+ Confira a tabela do Brasileirão e simule os próximos jogos

Caso a oferta chegue ao estafe do meia, uma possível liberação passará inicialmente pelo crivo do treinador. Se Vítor Pereira ficar, a tendência é que Du Queiroz não seja liberado, justamente por conta da relação de confiança que ambos possuem. Por outro lado, o fim de ano da prata da casa corintiana não foi tão bom, o que pode abrir a margem para que VP mude de ideia e o libere.

No caso de saída de Vítor Pereira do Corinthians, a postura da diretoria corintiana, caso receba uma proposta para vender Du Queiroz, também estará ligada ao destino de Maycon, que tem contrato de empréstimo com o clube alvinegro até o fim deste ano. Para a próxima temporada, a ideia do Shakhtar Donetsk, clube ucraniano que possui os direitos do camisa 5, será de encontrar alguém para comprá-lo, o que está fora de cogitação no Timão, que não se vê em condições financeiras de competir com interessados no mercado europeu.

Ainda assim, a direção corintiana tentará conversar com o Shakhtar para a ampliação do empréstimo ou outro modelo de negócio que interesse ambas as partes. A possível saída de Maycon dificultaria a venda de Du Queiroz, caso a proposta chegasse, pois o Timão perderia dois atletas da mesma posição.