A defesa dos Lakers e o ótimo início de LeBron e Anthony Davis

Yahoo Esportes
LeBron James e Anthony Davis. (Foto: Ronald Martinez/Getty Images)
LeBron James e Anthony Davis. (Foto: Ronald Martinez/Getty Images)

A melhor campanha da NBA neste início de temporada pertence a LeBron James, Anthony Davis e o Los Angeles Lakers. Depois de perder o primeiro jogo para os Clippers, vizinhos da mesma cidade, a equipe do técnico Frank Vogel só venceu, e isso tudo graças ao esforço coletivo e boas atuações defensivas.

SIGA O YAHOO ESPORTES NO INSTAGRAM

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Na montagem do elenco, já era possível notar a ideia de ter jogadores mais competitivos em quadra ao lado das estrelas dos Lakers. E nomes como Danny Green e Dwight Howard têm sido muito importantes para ajudar a equipe a ter a segunda melhor defesa da liga ao ceder 98,1 pontos a cada 100 posses de bola. Isso tem compensado o fato de o ataque não produzir com a mesma qualidade. São 107,7 pontos a cada 100 posses, tendo 12 equipes melhores nessa estatística.

Leia também:

Howard, inclusive, é um capítulo à parte em tudo o que tem acontecido com os Lakers. Isso porque, depois de rodar por várias equipes e chegar em um contrato não garantido para a pré-temporada da equipe, ele tem provado que pode ser importante para a franquia em um papel bastante definido, tantos anos depois de ter chegado como estrela ao lado de Steve Nash para jogar com Kobe Bryant.

O que também traz boas perspectivas para a temporada dos Lakers é o entendimento entre LeBron e Davis dentro de quadra. Os dois formam uma das duplas mais dinâmicas no pick'n'roll da NBA, e parecem se alimentar da energia do outro quando jogam juntos, além de dominarem as ações quando o outro descansa.

Pelo lado de James, a idade parece não estar sendo sentida - pelo menos ainda não. Seus números de mais de 26 pontos, 11 assistências e 8 rebotes por jogo são impressionantes para alguém em seu 17º ano na liga, e a disposição defensiva do astro tem sido a maior dos últimos anos para ele. Efeito de uma temporada em que se machucou com os Lakers em 2018/19, e em que ficou fora dos Playoffs, tendo mais tempo para descansar e se preparar para a longa e difícil jornada em 2019/20.

Se o time ainda pode precisar de algumas movimentações até chegar na pós-temporada, os sinais iniciais são muito bons para Vogel e companhia. Nomes como Rajon Rondo e DeMarcus Cousins ainda podem voltar e colaborar, apesar da situação do pivô ser mais delicada. Enquanto isso, nomes como Quinn Cook e Alex Caruso tem tido bons momentos saindo do banco de reservas.

Muito ainda vai acontecer na temporada da NBA, mas - até o momento - tudo deu certo no planejamento dos Lakers, e a equipe promete brigar para ter uma das melhores campanhas da disputadíssima Conferência Oeste.

Siga o Yahoo Esportes

Twitter |Flipboard |Facebook |Spotify |iTunes |Playerhunter

Leia também