Defensa y Justicia 0 x 0 São Paulo: Tricolor empata sem gols na Argentina e decidirá a vaga no Morumbi

Iniciando a busca pelo seu segundo título na Copa Sul-Americana, o São Paulo não saiu de um magro 0 a 0 na estreia da edição 2017 diante do Defensa y Justicia, na Argentina.

Parecia uma tarefa simples para o Tricolor, que foi à zona sul do conurbano de Buenos Aires para enfrentar o um adversário que estreava em torneios internacionais. Os argentinos tiveram mais posse de bola e precisão na troca de passes durante a primeira etapa. Mas quem esteve mais perto de abrir o placar foi o Tricolor.

Wellington Nem ficou cara a cara com o goleiro Arias por duas vezes. Na primeira, mérito do arqueiro para defender um chute cruzado. Na segunda faltou tranquilidade para finalizar após receber ótima assistência de Pratto como pivô. O Defensa buscava alçar bolas na área do São Paulo, mas sem levar muito perigo.

Ceni aproveitou o intervalo para mexer no time  sacando um zagueiro em busca de maior poder de criatividade nas jogadas entre o meio e o ataque. Não surtiu muito efeito. Apesar da qualidade de seus jogadores, o time brasileiro era burocrático em campo. Faltava mais ousadia e precisão nas finalizações.

Para piorar, Buffarini (que já havia recebido cartão amarelo no início da partida) foi mais cedo para o chuveiro aos 30 do segundo tempo. Restou ao time de Rogério Ceni se fechar e segurar o empate sem gols. Se ao menos caprichasse nas finalizações, o São Paulo jogaria a volta no Morumbi com uma vantagem no duelo.

Era uma boa oportunidade para impor a força de seu elenco contra um modesto adversário que tinha como seu principal destaque Jonas Gutiérrez, ex-seleção argentina e Newcastle. Contudo, o time de Ceni saiu de campo devendo futebol à sua torcida, que se fará presente no dia 11 de maio para o jogo de volta contra os hermanos, no Morumbi, a partir das 21h45 (de Brasília).