Dedicado, Figueiredo tenta se firmar como opção de qualidade do Vasco

Figueiredo deve receber mais chances no Vasco (Foto: Daniel Ramalho / Vasco


A obstinação para mostrar serviço dita o novo momento de Figueiredo no Vasco. Após um 2022 no qual rendeu na trajetória cruz-maltina na Série B, sua dedicação promete ser ainda mais testada pelo técnico Maurício Barbieri.

+ Títulos, gols, cinema, música e mais: a vida e a obra de Pelé, o Rei do Futebol

Próximo de assinar um novo contrato, o centroavante de origem demonstrou capacidade de se adaptar ao estilo de cada comandante. Atuou nas pontas e até mesmo na lateral direita quando o Vasco passou por momentos desafiadores.

Com habilidade na troca de passes, o jovem passou a ser testado em outro setor. Nas primeiras atividades de olho em 2023, Barbieri recuou Figueiredo para atuar como segundo volante, lacuna deixada com a saída de Andrey Santos.

+ MERCADO DA BOLA: veja as movimentações do seu time de coração

A variação permite que o jogador de 21 anos mantenha a liberdade para subidas ao ataque e dá brechas para ampliar sua visão de jogo. No entanto, exigirá que Figueiredo se mostre mais combativo quando o Cruz-Maltino for atacado.

Caberá também a Maurício Barbieri saber como o jovem irá encaixar no Vasco que vem projetando para a temporada de 2023. Por mais que Figueiredo lute para agir como um curinga, a linha de montagem dirá qual caminho o atleta poderá percorrer de maneira mais segura.

Mesmo em meio a tantas incertezas, o jogador está ciente de que não pode se descuidar e perder o posto de titular, em especial em um momento no qual o Vasco vem recebendo investimentos.