Dedé e Cruzeiro: zagueiro fecha acordo com a Raposa e fica livre no mercado

·1 minuto de leitura

Fim da novela. Após muitas idas e vindas, imbróglios e briga na Justiça, o Cruzeiro e o zagueiro Dedé chegaram a um denominador comum na Justiça do Trabalho e se separaram. Com o martelo batido, o zagueiro conseguiu o que queria e ficou livre no mercado para assinar com qualquer outra equipe. Aos 33 anos, o defensor tinha contrato até o final do ano.

Há meses em rota de colisão, Dedé entrou com uma ação contra a Raposa na Justiça do Trabalho cobrando mais de R$ 35 milhões. Conforme a Rádio Itatiaia, o defensor pedia no processo o rompimento de seu contrato com o clube mineiro, num documento em que citava atrasos salariais, falta de depósito do FGTS e vários outros pontos. Ele, inclusive, listou dano moral em sua ação.

Dedé não é mais jogador do Cruzeiro. | Pedro Vilela/Getty Images
Dedé não é mais jogador do Cruzeiro. | Pedro Vilela/Getty Images

Contratado junto ao Vasco em 2013, Dedé conquistou troféus importantes no Cruzeiro, como Campeonato Brasileiro (2013 e 2014) e Copa do Brasil (2017 e 2018). Nas últimas temporadas, porém, o zagueiro começou a sofrer com lesões e se tornou um grande desfalque para o clube. Ao todo, ele disputou 188 partidas e marcou 15 gols na equipe.

Quer saber como se prevenir do coronavírus? #FiqueEmCasa e clique ​aqui.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos