Declaração do governador deixa o retorno do Gauchão mais distante


A volta do Campeonato Gaúcho teve mais um capítulo nesta segunda-feira. Durante uma transmissão ao vivo, o governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, deixou claro que o futebol não é uma das prioridades do estado.

Apesar dos esforços da Federação Gaúcha de Futebol e dos clubes para tentar achar um protocolo ideal, o governante não quer definir uma data e a expectativa é que a bola só volte a rolar em agosto.

Um dos motivos para o recuo é que a região de Porto Alegre voltou a figurar a ‘bandeira vermelha’, o que significa que o contágio está alto.

Gauchão

Nas últimas semanas, a Federação Gaúcha projetava o retorno da competição para o dia 19 de julho, mas devido ao retrocesso na questão do coronavírus, a volta foi postergada.

Data Limite

Preocupada com a possibilidade do torneio demorar ainda mais do que o previsto, a Federação Gaúcha de Futebol estipulou que o prazo para evitar qualquer conflito com os torneios da CBF é o dia 26 de julho.










Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também