Decisivo, Victor Sallinas destaca mudança de postura e crescimento do São José no Campeonato Gaúcho

LANCE!
·2 minuto de leitura


Um time equilibrado é aquele que não sofre muitos gols e é eficiente no ataque. Características que compõe exatamente o atual momento do São José (RS). Nos últimos três jogos, a equipe não sofreu gols e ainda venceu duas partidas e segurou o Internacional, atual vice-campeão Brasileiro, em pleno Beira Rio.

> Confira classificação do Campeonato Gaúcho

Um dos responsáveis por esse bom momento, tem nome: Victor Sallinas. O camisa 4 do Zeca foi questionado sobre a mudança de postura e falou também sobre a fase artilheira, já que marcou seu segundo gol na competição, na vitória deste domingo sobre o São Luiz.


- Mudou a postura da equipe de forma geral, nosso coletivo está funcionando. Acredito que o comprometimento defensivo da equipe também é outro, começando desde lá da frente, o que acaba facilitando para nós lá de trás. Sobre mais um gol não Gauchão, acredito que seja um diferencial meu, poder marcar lá na frente e ajudar a equipe é gratificante - ponderou.

Nesta segunda, às 20h, no Estádio Centenário, Caxias e Juventude se enfrentam, em um jogo que envolve diretamente o São José, já que as duas equipes ainda brigam pela classificação. Questionado sobre quem torcer, Sallinas garantiu que o mais importante é o São José fazer a sua parte, mas não ficou em cima do muro sobre um palpite.

- Eu não vejo uma necessidade de torcida, o empate seria o ideal, segura os dois. Temos mais duas finais, vamos lutar para vencer e torcer pelos os resultados nos favorecerem para alcançarmos a classificação - afirmou.

Para concluir, o defensor falou sobre o novo técnico Hélio Vieira e de que forma ele agregou para a equipe na competição estadual. Restam apenas duas rodadas, e o São José ainda tem chance de classificação. A equipe terá que vencer as suas duas partidas (contra Pelotas e Novo Hamburgo) e torcer por uma combinação de resultados.

- A equipe vem em uma crescente muito boa com o Hélio Vieira, desde de que ele assumiu são sete pontos em três jogos. Ontem conseguimos propor jogo e ficar mais com a bola. Agora temos dez dias para trabalhar e aperfeiçoar, é descansar e depois focar no Pelotas - disse.