Decisivo em dérbi, Luiz Adriano iguala marca no Palmeiras que já durava desde 1967

Fabio Utz
·2 minuto de leitura

Luiz Adriano foi um dos principais destaques do Palmeiras no clássico desta segunda-feira, diante do Corinthians. Além de marcar duas vezes na goleada de 4 a 0, deu uma assistência e ainda abriu espaço para que Raphael Veiga pudesse abrir o placar no Allianz Parque. Pois o centroavante conseguiu quebrar uma marca histórica.

Desde 1967 um atleta do Verdão não fazia gol contra o maior rival em três dérbis seguidos. O último a conseguir este feito havia sido César Maluco, ídolo do Palestra. Agora, Luiz Adriano entra para esta galeria, ele que tinha deixado sua marca no encontro do primeiro turno do Campeonato Brasileiro, na Neo Química Arena (vitória por 2 a 0) e no duelo decisivo do Campeonato Paulista, que terminou empatado em 1 a 1 - o título do Palmeiras veio nos pênaltis.

O atleta se isolou na artilharia da equipe na temporada de 2020, com 20 gols. Atrás dele está Willian, que parou nos 18, e Veiga, que se igualou a Bigode no duelo atrasado da 28ª rodada do Campeonato Brasileiro. O Verdão volta a campo na quinta-feira, diante do Flamengo, em duelo direto por vaga no G-4 do Brasileirão.

Para mais notícias do Palmeiras, clique aqui.

Quer saber como se prevenir do coronavírus? #FiqueEmCasa e clique ​aqui.