Reforço da Juve, De Ligt revela ser fascinado pelos defensores italianos

Yahoo Esportes
Matthijs de Ligt é o novo reforço da Juventus para a temporada (Mauro Ujetto/NurPhoto via Getty Images)
Matthijs de Ligt é o novo reforço da Juventus para a temporada (Mauro Ujetto/NurPhoto via Getty Images)

Por Clara Albuquerque (@claalbuquerque)

Num dos desfechos mais aguardados da atual janela de transferências europeia, o zagueiro holandês Matthijs De Ligt deixou o Ajax em direção à Juventus. Para ter o jovem de 19 anos, o clube de Turim desembolsou € 85 milhões (cerca de R$ 360 milhões). Cobiçado por outros gigantes do futebol mundial, incluindo o Barcelona, De Ligt revelou que sua escolha pela Juve passou por uma inspiração antiga em grandes zagueiros italianos.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

“Escolhi a Juventus porque sempre fui fascinado pelos defensores italianos, desde pequeno. São muitos os jogadores que posso citar como Maldini, Baresi, Nesta, Cannavaro, Scirea e eu poderia seguir falando outros. Quando se fala de defensores, esse são os nomes que você lembra. Me apaixonei pela forma com a qual os italianos se defendem, pelas defesas italianas e é isso, minha escolha também foi baseada nisso”, disse em entrevista à Ajax TV, nesta quinta-feira.

Leia também

Entre os jogadores citados por De Ligt, dois já passaram pela Juventus, um clube com forte tradição defensiva: Cannavaro, eleito melhor jogador do mundo em 2006, após conquistar a Copa do Mundo de 2006, e Gaetano Scirea. É esse segundo nome que fez os torcedores da Juventus se encantarem ainda mais com a nova estrela bianconera. Scirea é um dos maiores defensores da história e um dos grandes ídolos da Juventus, mas não é muito lembrado pelas novas gerações. O zagueiro atuou na Velha Senhora entre 1974 e 1988, muito antes de De Ligt nascer, em 1999. Em Turim, Scirea conquistou diversos títulos, incluindo sete campeonatos italianos, 2 Coppas Italia e, claro, a primeira Liga dos Campeões (na época, chamada de Copa dos Campeoes) da Juventus na temporada 1984/1985.

Mais recentemente, ao falar de grandes defesas, impossível não citar o trio BBC, formado por Bonucci, Barzagli e Chiellini. Como Barzagli já se aposentou, o jovem holandês terá a chance de atuar ao lado de Bonucci, mas, principalmente de Chiellini, atual capitão do time. A experiência dos dois, somada às liçoes da escola italiana, mundialmente reconhecida como a grande referência quando se fala no desenvolvimento de jogadores defensivos, será um aprendizado enorme.

Outro ponto importante é que De Ligt irá trabalhar com Maurizio Sarri, um técnico que tem por filosofia estimular a saída de bola com qualidade desde os zaga. Essa é justamente uma das características mais fortes do holandês. O cenário completo é interessantíssimo e os torcedores da Juventus não escondem a ansiedade de ver o zagueiro em campo.

Siga o Yahoo Esportes: Twitter | Instagram | Facebook | Spotify | iTunes

Leia também