De contrato renovado, Luxa não sabe se fica no Cruzeiro

·2 min de leitura
PE - Recife - 17/08/2021 - BRASILEIRO B 2021, NAUTICO X CRUZEIRO - Vanderlei Luxemburgo tecnico do Cruzeiro durante partida contra o Nautico no estadio Aflitos pelo campeonato Brasileiro B 2021. Foto: Rafael Vieira/AGIF
Treinador da Raposa se mostrou incomodado com "exposição desnecessária", segundo ele. Foto: (Rafael Vieira/AGIF)

Vanderlei Luxemburgo falou, pela primeira vez, sobre o novo projeto do Cruzeiro e sua continuidade no comando do clube. Em vídeo publicado em seu perfil oficial no Instagram, Luxa se dirigiu, principalmente, à 'Nação Azul' e comentou sobre a última temporada, onde buscou o acesso e não obteve, e o futuro sob o comando de Ronaldo Fenômeno como dono do clube.

No vídeo, Luxemburgo relata que quem toma as decisões no clube é o novo dono e o que for definido deve ser respeitado: " decisão tem que ser respeitada. Ele (Ronaldo) que comprou o Cruzeiro, ele que sabe como vai administrar. Só acho desnecessária a exposição de um profissional que está há tantos anos no mercado, que as pessoas sabem o que ele pode entregar e não pode entregar. E essa avaliação, essa pesquisa, se fica ou não fica, se vai avaliar o trabalho, só expõe o trabalho dos dois lados. Qualquer decisão que for tomada, tem que ser respeita. De coração, o que for feito, vai ser aceito".

Leia também:

De contrato renovado para a temporada de 2022 antes do anúncio da venda do Cruzeiro para o Fenômeno, o treinador não sabe se continuará no comando do vestiário. Luxa ainda citou a saída de Alexandre Mattos, executivo de futebol, que voltaria a trabalhar no clube, mas foi dispensado: "Nesse período, aconteceu a transição, a compra do Ronaldo do Cruzeiro. Isso mexeu muito com as coisas que estavam acontecendo. A saída do Alexandre Mattos foi uma coisa que o novo dono, o novo empreendedor do clube entendeu. O próprio Alexandre já falou sobre isso".

Treinador de Ronaldo Fenômeno nos tempos de Seleção Brasileira e também Real Madrid, Luxa se mostrou incomodado com a incerteza de seu trabalho: "Entendo que existe uma mudança, uma transição, mas é complicado estar aqui. Tem a assessoria de imprensa, acompanho a mídia também. Luxemburgo está avaliado se continua, não continua. Se os jogadores contratados continuam. Sou um profissional de futebol. Essa exposição na mídia, se continua ou não, acho desnecessária".

Por fim, o 'Pofexô' desejou sucesso a Ronaldo e ao Cruzeiro, mesmo se não continuar comandando a equipe alviazul: "Meu coração continua no Cruzeiro. Se eu continuar, vou me empenhar ao máximo para levar o Cruzeiro à Primeira Divisão. Se eu sair, vou torcer muito para o Cruzeiro voltar, porque ele não ficar na Série B. Acho pouco para o Cruzeiro. E vou torcer muito para o Cruzeiro, como nunca, como expus num momento dificil para o Cruzeiro. Desejar muita sorte, muito êxito ao Ronaldo nesta nova etapa no Cruzeiro".