Datafolha: 51% dos brasileiros avaliam que gestão de Bolsonaro na pandemia foi ruim ou péssimo

·1 minuto de leitura
Brazilian President Jair Bolsonaro speaks during the 'Socio-environmental Actions and Adherence to the Adopt a Park Programme' event at Planalto Palace in Brasilia, on May 12, 2021. (Photo by Sergio Lima / AFP) (Photo by SERGIO LIMA/AFP via Getty Images)
Presidente Jair Bolsonaro tem avaliação majoritariamente negativa em relação à pandemia de covid-19 (Foto: Sergio Lima/AFP via Getty Images)
  • Avaliação de 51% dos brasileiros é que gestão de Bolsonaro na pandemia foi ruim ou péssima

  • Na aprovação geral, Bolsonaro tem 24%

  • Para 32%, trabalho do Ministério da Saúde foi ótimo ou bom

Para 51% dos brasileiros, a gestão do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) durante a crise do novo coronavírus é ruim ou péssima. É o que mostra um levantamento feito pelo Datafolha. Apesar do alto índice negativo, em janeiro o número era ainda pior, de 54%.

Entre os entrevistados, 21% acham que o presidente teve um desempenho bom ou ótimo ao lidar com o coronavírus. No levantamento anterior, o índice era de 22% e, em dezembro, era de 30%.

  • Ótimo ou bom: 21%

  • Regular: 27%

  • Ruim ou péssimo: 51%

  • Não sabe: 1%

A pesquisa foi feita com 2.071 pessoas nos dias 11 e 12 de maio, em 146 municípios. A margem de erro é de dois pontos percentuais.

Leia também:

Para 32%, o Ministério da Saúde foi avaliado como ruim ou péssimo, enquanto 30% dos brasileiros acreditam que o trabalho da pasta foi ótimo ou bom. Os governadores tiveram desempenho considerado bom ou ótimo por 35% dos entrevistados, enquanto 29% entendem o trabalho deles como ruim ou péssimo.

De quem é a culpa

Ao serem questionados sobre quem era o principal culpado pela situação da pandemia de covid-19 no Brasil, Bolsonaro apareceu em primeiro lugar, com 39%.

  • Jair Bolsonaro: 39%

  • Governadores: 20%

  • Prefeitos: 10%

  • População: 3%

  • Todos: 10%

  • Nenhum: 9%

  • Outros: 3%

  • Não sabe: 6%

Aprovação de Bolsonaro

No geral, a aprovação do presidente Jair Bolsonaro é de 24%, enquanto a avaliação de ruim ou péssimo chegou a 45%; 30% consideram o presidente regular e 1% não sabe.