Daronco relata 'gritaria' de estafe do Flamengo no jogo contra o Palmeiras

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 minuto de leitura
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.


O árbitro Anderson Daronco (Fifa/RS), que apitou a estreia de Flamengo e Palmeiras no Brasileirão, relatou em súmula as reclamações que vieram de pessoas do estafe rubro-negro, que estavam na arquibancada do Maracanã, durante a segunda etapa da partida. De acordo com o juiz, o estafe do clube contestava a não marcação de um pênalti a favor da equipe de Rogério Ceni - que acabou vencendo por 1 a 0 o adversário, com gol do centroavante Pedro.

- Aos 23 minutos do 2º tempo, pessoas ligadas a equipe do Flamengo (staff), que não foi possível identificar seus respectivos nomes, estavam protestando contra as decisões da arbitragem dizendo a todo momento: " Foi pênalti Daronco, a tv falou que foi pênalti!" Após esta advertência, cessaram as reclamações - publicou o árbitro Anderson Daronco na súmula da partida.

+ Começou o Brasileirão! Conheça o aplicativo de resultados do LANCE!

As reclamações do estafe do Flamengo, conforme o relato do juiz, aconteceram minutos após o lance o atacante Bruno Henrique, do Flamengo, que foi derrubado pelo zagueiro Luan, do Palmeiras, dentro da área. Contudo, Anderson Daronco não marcou o pênalti, assinalando falta de Pedro, em Empereur, no início do lance. O gol rubro-negro saiu alguns minutos depois.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos