Daronco confessa: 'É impossível um Brasileirão sem erros de arbitragem'

·1 min de leitura
Anderson Daronco comentou sobre o panorama da arbitragem brasileira (Foto: Reprodução/Youtube)


Anderson Daronco saiu em defesa dos colegas de profissão após uma temporada recheada de polêmicas envolvendo os donos do apito. Em entrevista ao canal 'Flow Sport Club', o árbitro sustentou a tese que erros acontecem em qualquer âmbito profissional e criticou o debate recorrente em programas esportivos sobre a atuação da arbitragem.

- Estamos falando de um universo de 380 jogos. Não existe o milagre que as pessoas querem. Ele é um milagre. É impossível que nos 380 jogos do Campeonato Brasileiro não tenha nada com a arbitragem. Em algum momento a falibilidade humana vai aparecer. Por mais grotesco que seja, isso acontece em qualquer outra profissão. O problema é que estamos expostos - disse Anderson Daronco.

O árbitro ainda reafirma que essa exposição passa também pelos programas esportivos.

- O que mais tem no Brasil é programa esportivo. E não tem mais nada para falar. Os caras só sabem falar de árbitro. Eles não sabem falar taticamente de jogo, se um time foi superior ao outro aqui ou ali, as mexidas do treinador. Não. É falar de árbitro - disparou.

+ Luiz Gomes: 'Arbitragem não precisa de mudanças, mas de uma revolução'

- É fácil falar de árbitro, porque todo mundo parece que é árbitro. Daqui a pouco tem que fazer 'Central do Apito' (quadro do "Seleção SporTV") o dia inteiro. Segunda, terça, quarta... Só o que tem. Não se fala de jogo - completou.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos