Daronco é eleito por jogadores como melhor e pior juiz do Brasil

Daronco apitou 39 jogos na última temporada (Foto: Cesar Greco/Palmeiras)


Antagonismo significa uma forte incompatibilidade de ideias, sejam elas colocadas dentro de um sistema específico, como uma votação, ou a oposição de diferentes conceitos ou grupos sociais. Nesse sentido, decisões antagônicas foram tomadas durante uma pesquisa do "Uol", na qual atletas anônimos da Série A do Campeonato Brasileiro escolheram o melhor e o pior árbitro do país. De forma surpreendente, Anderson Daronco ganhou a maior porcentagem dos votos nas duas eleições, realizadas separadamente.

Daronco recebeu 27% dos votos tanto na de melhor, quanto na de pior árbitro do Brasil. A pesquisa foi respondida por 26 jogadores da primeira divisão do Brasileirão, computadas até o dia 22 de dezembro, após encerrada a temporada no futebol nacional.

+ Veja a movimentação do Mercado da Bola

Árbitros brasileiros na Copa do Mundo de 2022, Raphael Claus e Wilton Pereira Sampaio, ambos com 18% dos votos, completam o pódio entre os melhores juízes no levantamento. Claus também aparece no quadro dos piores, em segundo lugar, com 13% dos votos. Flávio Rodrigues de Souza, com 9%, fecha o top 3.

Anderson Daronco apitou 39 jogos na temporada de 2022. Dentre eles, esteve sob o comando da final da Supercopa do Brasil entre Atlético-MG e Flamengo, além de duas partidas das semifinais da Copa do Brasil - jogo de ida entre São Paulo e Flamengo, e jogo de volta entre Corinthians e Fluminense.