Daniel Silveira é o segundo deputado que mais gasta com segurança privada

Redação Notícias
·1 minuto de leitura
Daniel Silveira
Deputado bolsonarista Daniel Silveira (Foto: Reprodução/ Facebook)

Desde que assumiu o mandato, em janeiro de 2019, Daniel Silveira (PSL-RJ), preso na última terça-feira, gastou R$ 184 mil dos cofres públicos com segurança privada.

Ele é o segundo deputado que mais gasta recursos da cota parlamentar com esse tipo de serviço.

Leia também:

A Câmara desembolsa todo mês R$ 8 mil para a Global Company, de Petrópolis (RJ), cidade do parlamentar.

Em primeiro lugar, está o deputado Flávio Nogueira (PDT-PI), que gastou R$ 187, 3 mil desde o começo desta legislatura.

Na terça, Silveira foi preso após divulgar vídeo com apologia ao AI-5 e ataques a ministros do Supremo Tribunal Federal.

A Câmara dos Deputados marcou para as 17h desta sexta-feira (19) a sessão que decidirá se mantém ou não a prisão do deputado bolsonarista Daniel Silveira.

O parlamentar também corre o risco de perder seu mandato.

Mas a expectativa é de que o Supremo Tribunal Federal (STF) deve relaxar a prisão do deputado bolsonarista.

Antes de se eleger deputado, Silveira era policial militar e colecionou diversas sanções disciplinares.