Daniel Ricciardo vence GP da Itália de F1 após batida de Verstappen e Hamilton

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·4 minuto de leitura
O piloto australiano Daniel Ricciardo, da McLaren, comemora a vitória no GP da Itália de F1 (AFP/ANDREJ ISAKOVIC)
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

O piloto australiano Daniel Ricciardo, da Mclaren, venceu neste domingo o Grande Prêmio da Itália de Fórmula 1, disputado no circuito de Monza, conquistando assim a primeira vitória da equipe britânica desde 2012, numa corrida marcada pelo acidente entre holandês Max Verstappen e o britânico Lewis Hamilton.

Ricciardo chegou à frente de seu companheiro de equipe, o britânico Lando Norris, conseguindo uma dobradinha para a Mclaren que não ocorria desde 2010, no GP do Canadá, quando Hamilton foi o vencedor acompanhado de Jenson Button.

Esta foi a oitava vitória na carreira do piloto australiano, de 32 anos, que não subia no lugar mais alto do pódio desde o GP de Mônaco, em 2018.

O terceiro lugar ficou com o finlandês Valtteri Bottas, da Mercedes, que assumiu a posição após o acidente envolvendo o seu companheiro de equipe Hamilton e o líder do campeonato Verstappen (Red Bul).

O australiano largou da segunda posição do grid, atrás de Verstappen, que foi ultrapassado na primeira reta, e mais tarde acabou beneficiado com o incidente entre os dois candidatos ao título.

Na volta 26, ao retornar à pista após uma parada no nos boxes, o heptacampeão mundial entrou no trajeto do holandês Verstappen, que passou com a roda por cima do carro do adversário e os dois pararam na brita. A bandeira amarela foi acionada e o safety car entrou no circuito.

Ambos os pilotos saíram dos veículos ilesos e abandonaram a prova.

Com a batida, o monegasco Charles Leclerc (Ferrari) completou a prova em quarto seguido pelo mexicano Sergio Pérez (Red Bull).

Apesar ded não ter completado a prova, Verstappen segue liderando o campeonato com 226,5 pontos, cinco a mais que o segundo colocado Hamilton (221,5).

A próxima etapa da F1 em 2021 (15ª das 22 programadas) será no Grande Prêmio da Rússia, no circuito de Sochi, em 26 de setembro.

- Classificação geral do Grande Prêmio da Itália, 14ª etapa do Mundial de Fórmula 1, disputado no circuito de Monza (5,793 km):

1.Daniel Ricciardo (AUS/McLaren-Mercedes) completou os 306,720 km em 1h 21:54.367

2.Lando Norris (GBR/McLaren-Mercedes) a 1.747

3.Valtteri Bottas (FIN/Mercedes) a 4.921

4.Charles Leclerc (MON/Ferrari) a 7.309

5.Sergio Pérez (MEX/Red Bull-Honda) a 8.723

6.Carlos Sainz Jr (ESP/Ferrari) a 10.535

7.Lance Stroll (CAN/Aston Martin-Mercedes) a 15.804

8.Fernando Alonso (ESP/Alpine-Renault) a 17.201

9.George Russell (GBR/Williams-Mercedes) a 19.742

10.Esteban Ocon (FRA/Alpine-Renault) a 20.868

11.Nicholas Latifi (CAN/Williams-Mercedes) a 23.743

12.Sebastian Vettel (ALE/Aston Martin-Mercedes) a 24.621

13.Antonio Giovinazzi (ITA/Alfa Romeo-Ferrari) a 27.216

14.Robert Kubica (POL/Alfa Romeo-Ferrari) a 29.769

15.Mick Schumacher (GER/Haas-Ferrari) a 51.088

Volta mais rápida: Daniel Ricciardo (AUS/McLaren-Mercedes) 1:24.812 na 53ª volta (média: 250,054 km/h)

Abandonos:

Yuki Tsunoda (JAP/AlphaTauri-Honda): problema mecânico na 3ª volta

Pierre Gasly (FRA/AlphaTauri-Honda): problema mecânico na 5ª volta

Max Verstappen (HOL/Red Bull-Honda): acidente na 27ª volta

Lewis Hamilton (GBR/Mercedes): acidente 27ª volta

Nikita Mazepin (RUS/Haas-Ferrari): roblema mecânico na 44ª volta

- Classificação do Mundial de Fórmula 1:

-- Classificação dos pilotos:

1. Max Verstappen (HOL) 226,5 pts

2. Lewis Hamilton (GBR) 221,5

3. Valtteri Bottas (FIN) 141,0

4. Lando Norris (GBR) 132,0

5. Sergio Pérez (MEX) 118,0

6. Charles Leclerc (MON) 104,0

7. Carlos Sainz Jr (ESP) 97,5

8. Daniel Ricciardo (AUS) 83,0

9. Pierre Gasly (FRA) 66,0

10. Fernando Alonso (ESP) 50,0

11. Esteban Ocon (FRA) 45,0

12. Sebastian Vettel (ALE) 35,0

13. Lance Stroll (CAN) 24,0

14. Yuki Tsunoda (JAP) 18,0

15. George Russell (GBR) 15,0

16. Nicholas Latifi (CAN) 7,0

17. Kimi Räikkönen (FIN) 2,0

18. Antonio Giovinazzi (ITA) 1,0

19. Mick Schumacher (ALE) 0,0

20. Nikita Mazepin (RUS) 0,0

21. Robert Kubica (POL) 0,0

Classificação dos Construtores:

1. Mercedes 362.5 pts

2. Red Bull-Honda 344.5

3. McLaren-Mercedes 215

4. Ferrari 201.5

5. Alpine-Renault 95

6. AlphaTauri-Honda 84

7. Aston Martin-Mercedes 59

8. Williams 22

9. Alfa Romeo Racing-Ferrari 3

10. Haas-Ferrari 0

ole/fbx/mcd/lca

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos