Daniel Dias recebe homenagem da comissão técnica em Tóquio

·1 minuto de leitura


Nas vésperas de competições importantes, o nadador Daniel Dias raspa o cabelo para entrar na piscina. Em Tóquio, local de sua última exibição como atleta nos Jogos Paralímpicos, ele foi surpreendido ao ganhar uma homenagem da Comissão técnica brasileira com todos repetindo o gesto.

Já é uma tradição de Daniel raspar a cabeça e na última vez na sua versão careca, ele ganhou o carinho dos profissionais.

- São mais que amigos de trabalho. São membros da minha família. Eu irei sentir saudade desse carinho, desse clima. Vou viver grandes emoções no Japão até a minha braçada final e essa ação deles ficará eternizada comigo - afirmou o nadador, que ao longo dos 16 anos de carreira conquistou vinte e quatro medalhas em Jogos Paralímpicos, sendo catorze de ouro, sete de prata e três de bronze.

Para a competição no Japão, Daniel passou por um processo de reclassificação funcional e os seus adversários ficaram mais fortes. Apesar da dificuldade, o nadador brasileiro que soma três Prêmios Laureus, considerado o Oscar do esporte, promete fazer o seu melhor no Centro Aquático de Tóquio.

- A cabeça está ótima para a minha última competição e quero entregar um bom resultado, entregar o meu melhor. As pessoas que sempre me acompanharam e ficarão acordados para me assistir podem esperar a minha melhor versão - completou.

Daniel Dias competirá os 50m, 100m e 200m livre e os 50m costas e borboleta.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos