Daniel Borges bate meta, e Botafogo exerce obrigação de compra de R$ 600 mil para contratar defensor

·1 min de leitura


O Botafogo sabe que pelo menos um da lista de jogadores que estão emprestados por outros clubes fica no Alvinegro para a próxima temporada. Daniel Borges bateu uma meta de jogos previamente acordada e o Glorioso vai assumir a opção de compra do lateral-direito junto ao Mirassol, time que detinha os direitos econômicos do jogador de 28 anos.

+ Análise: Botafogo deve valorizar ponto contra o Goiás, mas não pode normalizar atuação na Serrinha

O contrato, inclusive, já foi assinado pelo Botafogo. No empréstimo assinado junto ao Mirassol no fim de maio, estava previsto que o Alvinegro seria obrigado a adquirir o lateral-direito de forma definitiva caso ele fosse titular em 22 jogos da Série B do Brasileirão - algo que aconteceu na vitória sobre o Brusque, na semana passada.

Inicialmente, o valor era de R$ 1 milhão, mas o Botafogo conversou com os representantes do Mirassol buscando um novo valor diante das dificuldades financeiras e já pela idade avançada do jogador. Assim, ficou acordado que o Alvinegro pagará R$ 600 mil parcelados durante um ano para ter o defensor de forma definitiva.

O novo vínculo será válido até dezembro de 2023. Daniel Borges tem sido titular em boa parte da campanha do Botafogo no Campeonato Brasileiro e se destaca por ser um lateral mais defensivo, ajudando na saída de bola da equipe comandada por Enderson Moreira.

Daniel Borges jogou 31 dos 32 jogos que o Botafogo fez nessa Série B, contribuindo com um gol e uma assistência na campanha.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos