Daniel Alves vai desfalcar Seleção Brasileira nos próximos jogos das Eliminatórias

·2 minuto de leitura
(arquivo) Daniel Alves gesticula durante a partida da fase de grupos da Libertadores entre o Racing da Argentina e o São Paulo no estádio Presidente Juan Domingo Peron em Avellaneda, província de Buenos Aires, em 5 de maio de 2021

O lateral-direito Daniel Alves, jogador com mais títulos da história, vai perder os jogos do Brasil nas eliminatórias sul-americanas para a Copa do Mundo de 2022 contra Equador e Paraguai em junho devido a uma lesão, informou a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) nesta terça-feira.

O experiente jogador de 38 anos " desconvocado devido a uma lesão no joelho direito e a impossibilidade de se recuperar a tempo para o período de treinos e jogos" da Seleção, informou a CBF em seu site.

Recém sagrado campeão paulista pelo São Paulo, título que encerrou um jejum de nove anos sem erguer uma taça, Alves era a principal novidade na convocação de Tite para os jogos contra os equatorianos no dia 4 de junho em Porto Alegre e contra os paraguaios dia 8, em Assunção.

O capitão da seleção, que conquistou a Copa América em 2019, voltou a vestir a 'amarelinha' após um ano e meio sem ser convocado e depois de uma boa atuação no tricolor paulista comandado pelo argentino Hernán Crespo.

O título conquistado contra o Palmeiras no domingo na final do Paulistão, em que não jogou por conta de um problema no joelho, foi o 42º do experiente lateral ao longo de uma bem-sucedida carreira que o levou a jogar no Sevilla, Barcelona, Juventus e PSG.

Alves será substituído por Emerson, de 22 anos, que já havia sido convocado pelo técnico da seleção olímpica, André Jardine, para os jogos preparatórios dos Jogos de Tóquio contra Cabo Verde e a seleção sub-24 da Sérvia, nos dias 5 e 8 de junho, respectivamente, em Belgrado.

O zagueiro, que jogou no Betis da Espanha na temporada passada, fez sua estreia com a seleção brasileira na vitória por 3 a 0 sobre a Coreia do Sul, em amistoso disputado em novembro de 2019.

Danilo, da Juventus da Itália, foi titular na lateral-direita nos quatro jogos das eliminatórias sul-americanas para a Copa, na qual o Brasil é o líder isolado, com uma campanha 100%.

O desfalque de Daniel Alves é o segundo da lista de 24 convocados divulgada por Tite, depois da lesão muscular do zagueiro Lucas Veríssimo (Benfica, POR), substituído por Felipe, do campeão espanhol Atlético de Madrid.

O Brasil tambpouco terá o meia do Barcelona Philippe Coutinho, que se recupera de uma lesão no menisco sofrida em dezembro.

Liderada por Neymar, a equipe de Tite começa no dia 26 de maio, em Teresópolis, no Rio de Janeiro, os preparativos para os duelos das Eliminatórias. Logo depois, começa a se preparar para a Copa América.

raa/js/gm/aam

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos