Daniel Alves diz ignorar 'haters' por sucesso: "não discuto, vou lá e dou resultado"

Goal.com

Em entrevista ao youtuber Raiam Santos, Daniel Alves falou sobre a carreira e a relação quem tem com os haters. Na entrevista gravada antes da paralisação do Campeonato Paulista, o lateral do São Paulo deixou clara sua personalidade forte.

O experiente jogador de 36 anos contou a Raiam como lida com com as críticas direcionadas a ele: "As pessoas descem o pau em mim, falam m... pra c... de mim e eu falo: 'beleza'. Isso aí está ao meu alcance? Não. O que está ao meu alcance? Execução, entrega. Então executa e entrega. Pronto, acabou".

Aos 36 anos, Daniel Alves disse gostar de mostrar mais do que as pessoas estão esperando dele, para não gerar expectativas que não podem ser cumpridas. "Eu sou preocupado com a entrega. Se o cara me contratou para dar uma cambalhota, eu dou três", garantiu o camisa 10 são-paulino.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

De origem humilde, o lateral se posicionou fortemente nas redes sociais após a declaração do presidente Jair Bolsonaro na terça-feira (24). Criticando a fala de Bolsonaro sobre a pandemia de coronavírus - na qual ele afirmou ser uma "gripezinha"e que não há necessidade de isolamento social -, Daniel Alves foi às redes pedir para que presidente prezasse para o bem do país e do povo.

Ao ser contestado por um seguidor, o jogador manteve seu posicionamento e rebateu a mensagem que recebeu: "Mais importante que dinheiro é saúde e se não tem saúde, não tem nada!", escreveu.

Aos 36 anos e mais de 40 títulos na carreira - dentre eles três Ligas dos Campeões e duas Copas América -, Daniel Alves é o maior campeão da história do futebol e diz que seu objetivo é deixar um legado e servir de inspiração para outras pessoas.

Leia também