Daniel Alves brinca com idade avançada nos Jogos Olímpicos: 'Sou como Benjamin Button'

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 minuto de leitura
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.


Atual campeã, a seleção brasileira masculina de futebol entra em campo na madrugada desta quinta-feira contra a Alemanha para estrear nos Jogos Olímpicos de Tóquio. Nesta quarta-feira no Japão, o lateral Daniel Alves, atleta mais experiente do elenco, com 38 anos, falou sobre a sensação de disputar as Olimpíadas e brincou com a idade avançada em relação aos demais jogadores.

+ Confira a agenda do primeiro dia de eventos das Olimpíadas

+ Atleta australiano é pego no antidoping e está fora das Olimpíadas

– Sou como o Benjamin Button. Vou de mais a menos. Poder estar aqui é muito especial para mim. Bati na trave duas vezes e, na terceira, aconteceu. Grato pela confiança e pelo trabalho feito em toda a carreira. Tenho o espírito muito jovem – disse o atleta em coletiva de imprensa, antes de complementar:

+ Skatista brasileiro reclama de pistas de Tóquio: 'Pode machucar'

- Independente da história que se tenha, a primeira vez sempre é especial. Estamos em igualdade de experiência na grande maioria, porque nunca participamos de um evento tão grande, gigantesco como esse. Por mais que tenha vivido coisas grandiosas e especiais, a primeira vez sempre tem o friozinho na barriga, o nervosismo bom, saudável. Espero estar a altura não só da competição, mas também da minha Seleção - completou Daniel Alves.

+ Douglas Souza, do vôlei, faz sucesso nas redes sociais em Tóquio

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos