Daniel Alves: "Barcelona na final da Champions de 2015 foi como Muhammad Ali"

Goal.com

Ex-jogador do Barcelona, Daniel Alves comparou o desempenho do clube na final da Champions League de 2015 a Muhammad Ali, ao recordar o triunfo sobre a Juventus.

Na ocasião, o Barça conquistou o segundo triplete de sua história ao bater a Velha Senhora por 3 a 1 - o time italiano havia eliminado o Real Madrid nas semifinais. Os gols da partida foram marcados por Rakitic, Suarez e Neymar.

Anos depois, ao analisar a conquista, Daniel Alves comparou o desempenho do Barcelona à estratégia utilizada pelo pugilista, Muhammad Ali.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

"Enfrentamos adversários muito físicos e sabíamos que tínhamos que vencer tendo a bola. Não importa o quão forte é o seu adversário se você o tem correndo atrpas da bola, para que se cansem", disse Daniel Alves ao site oficial do Barcelona.

"O momento em que eles baixam a guarda é o momento de atacar. Éramos como Muhammad Ali: flutuamos como uma borboleta e picamos como uma abelha", analisou.

Dani Alves Paul Pogba FC BArcelona Juventus Turin Champions League 06062015
Dani Alves Paul Pogba FC BArcelona Juventus Turin Champions League 06062015

(Foto: Getty Images)

"Acho que merecemos vencer final e comemoramos muito porque repetimos os triplete", continuou.

"Lembro-me de praticamente tudo sobre a final. É muito recente e não passou muito tempo desde então. Lembro que foi um momento muito especial, mas também difícil em nível pessoal e coletivo", completou.

Na temporada 2014-15, o Barcelona conquistou também a La Liga e a Copa do Rei - perdendo apenas seis jogos em todas as competições.

"As pessoas pensavam que não podíamos vencer mais um triplete e apoiavam nossos oponentes para nos impedir. Estávamos cientes de que as pessoas pensavam que não podíamos fazer isso. Quando você está preparado para enfrentar isso, é improvável que ocorram coisas negativas. Isso é o segredo do Barça nas finais: eles estão sempre preparados", afirmou Daniel Alves.

Desde então, o Barcelona não chegou mais à final da Champions League. Além disso, os catalães viram o Real Madrid vencer a competição por três anos consecutivos, além do Liverpool ter levantado a taça na última edição. 

Leia também