Daniel Alves é detido pela polícia espanhola acusado de agressão sexual

Daniel Alves durante partida entre Brasil e Coreia do Sul pela Copa do Mundo do Catar

BARCELONA (Reuters) - A polícia espanhola deteve nesta sexta-feira o lateral-direito Daniel Alves depois que ele foi interrogado em uma delegacia de Barcelona por causa de acusações de que teria agredido sexualmente uma mulher, informou um porta-voz da força de segurança local Mossos d'Esquadra à Reuters.

O jogador, que negou as acusações no passado, comparecerá diante de um juiz ainda nesta sexta-feira, disse o porta-voz.

Não estava claro se Daniel Alves, de 39 anos, permanecerá sob custódia depois da audiência.

A suposta vítima disse à polícia que o ex-astro do Barcelona e da seleção brasileira a tocou por debaixo de sua roupa íntima sem seu consentimento em uma casa noturna de Barcelona na noite do dia 30 de dezembro.

Acompanhada de amigos, a mulher relatou o suposto incidente aos seguranças da casa noturna, que então alertaram a polícia.

Policiais chegaram ao local e colheram o depoimento da mulher. Ela fez uma queixa formal por agressão sexual no dia 2 de janeiro.

Daniel Alves disse em entrevista à emissora de rádio Antena 3 neste mês que esteve na casa noturna com outras pessoas, mas negou o comportamento descrito pela mulher.

"Estive nesse lugar, estava com mais pessoas, me divertindo. Todos que me conhecem sabem que gosto de dançar. Me divertindo, mas sem invadir o espaço dos demais", disse o jogador. "Não sei quem é esta senhorita... Como vou fazer isso com uma mulher ou com uma garota que seja? Por Deus, não", acrescentou.

O jogador, que atuou no Barcelona de 2008 a 2016 e teve uma segunda passagem pelo clube na temporada 2021-2022, atualmente joga pelo clube mexicano Pumas UNAM.

Ele atuou pela seleção brasileira desde 2006, fazendo 126 partidas e marcando oito gols. No final do ano passado ele disputou a Copa do Mundo do Catar com a seleção e tornou-se o jogador mais velho a defender o Brasil em um Mundial.

(Reportagem de Joan Faus e Inti Landauro)